Publicidade

Posts com a Tag Paraná

segunda-feira, 11 de maio de 2015 Congresso | 06:00

‘Greve não se resolve com intimidação e violência’, diz Fátima Bezerra sobre Beto Richa

Compartilhe: Twitter

Na terça-feira, parlamentares do PT e do PCdoB pretendem aprovar na Câmara e no Senado moções de repúdio à violência cometida por policiais militares do Paraná contra professores do estado, em manifestação realizada no dia 29 de abril.

O conflito, que feriu mais de 200 professores, levou ao afastamento dos secretários de Educação, Fernando Xavier Ferreira, e de Segurança Pública, Fernando Francischini (SDD), que retornará ao cargo de deputado federal.

“Eu aprendi que greve se resolve com diálogo, não com arbitrariedade, intimidação e violência”, diz a senadora Fátima Bezerra (PT-RN), que também é professora. “Não é pelo fato de eu ser do PT que apresentei essa moção. Apresentei porque entendo que, em situações como essa, de repressão, de tratar a luta social como caso de polícia, a gente não deve se omitir de maneira nenhuma e deve se posicionar”, completa.

Assista:

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 29 de abril de 2015 Estados | 18:46

Bancada do Paraná culpa secretário de Fazenda pela crise no Estado

Compartilhe: Twitter

Corre na bancada federal do Paraná, especialmente entre os tucanos, uma grande irritação com o secretário estadual de Fazenda, Mauro Ricardo Costa, a quem os parlamentares atribuem a culpa pela crise e pelos conflitos entre governo e os professores grevistas do Estado.

Numa roda de conversa no Cafezinho da Câmara, os deputados aliados do governador Beto Richa (PSDB) acusavam Mauro Ricardo de falta de jogo de cintura e radicalismo nos cortes orçamentários.

Foi quando um deles contou que, antes de convidar Mauro Ricardo para o cargo, o governador pediu autorização ao prefeito de Salvador, ACM Neto, a quem o economista estava subordinado como secretário de Fazenda.

“E sabe o que ACM Neto respondeu?”, contou o deputado. “Ele disse que liberava, sim o Mauro, que ele era muito competente. Mas que iria fazer a popularidade do Beto cair 30 pontos percentuais. Pois é, já caiu 40 pontos.”

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014 Congresso | 10:30

Três nomes disputam liderança do Solidariedade

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Fernando Francischini (SDD-PR). (Foto: Divulgação)

O deputado federal Fernando Francischini (SDD-PR). (Foto: Divulgação)

Com a ida do líder do Solidariedade, Fernando Francischini, para o comando da Secretaria de Segurança Pública do Paraná, Arthur Maia (BA), Benjamin Maranhão (PB) e Aureo Ribeiro (RJ) entraram no páreo para assumir a liderança do partido.

Saiba mais: Francischini é convidado para Secretaria de Segurança de Beto Richa

De acordo com o presidente do partido, entretanto, a prioridade no momento é a consolidação do bloco parlamentar que deverá reunir Solidariedade, PSB, PV e PPS. “Nós só vamos definir liderança em janeiro”, diz Paulinho da Força (SP).

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 26 de novembro de 2014 Estados | 16:30

Francischini é convidado para Secretaria de Segurança de Beto Richa

Compartilhe: Twitter
Deputado Fernando Francischini (SDD-PR) - Foto: divulgação

Deputado Fernando Francischini (SDD-PR) – Foto: divulgação

O delegado e deputado federal Fernando Francischini (SDD-PR) foi convidado para comandar a pasta de Segurança Pública no segundo mandato do governador reeleito do Paraná, Beto Richa (PSDB).

Nos últimos meses, Francischini ficou conhecido por sua posição ferrenha contra o governo federal, sobretudo pela atuação na CPMI da Petrobras e no acompanhamento da operação Lava Jato da Polícia Federal.

Ex-tucano, antes de se eleger deputado federal pela primeira vez Francischini também atuou como secretário municipal Antidrogas de Curitiba, quando Richa era prefeito.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 13 de novembro de 2014 Eleições | 07:30

Sem mandato, deputada do PV diz que vai tirar um ‘ano sabático’ da política

Compartilhe: Twitter
A deputada federal Rosane Ferreira (PV-PR). Foto: Agência Câmara

A deputada federal Rosane Ferreira (PV-PR). Foto: Agência Câmara

Após disputar sem sucesso o cargo de vice-governadora do senador Roberto Requião (PMDB-PR), a deputada federal Rosane Ferreira (PV-PR) decidiu tirar um “ano sabático” da política.

Rosane tem dito que vai dedicar o ano de 2015 à sua profissão de enfermeira, da qual pretende se aposentar em breve. “Vou tirar esse ano sabático e, só depois disso, irei decidir se vou concorrer de fato à prefeitura de Curitiba”, explica.

 

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 6 de novembro de 2014 Eleições | 19:30

Sem mandato, Angelo Vanhoni cria ‘clube dos suplentes’

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Angelo Vanhoni (PT-PR). Foto: Divulgação

O deputado federal Angelo Vanhoni (PT-PR). Foto: Divulgação

O deputado federal Angelo Vanhoni (PT-PR) tem levado na esportiva o fato de não ter conseguido se reeleger nestas eleições, apesar do esforço empenhado nos últimos anos para a aprovação do Plano Nacional de Educação pelo Congresso.

Ao esbarrar com colegas que também perderam o mandato, o petista avisa que criou um “clube dos suplentes”.

“É só passar lá no gabinete, que nós já estamos providenciando a carteirinha”, brinca Vanhoni, arrancando ora risadas, ora olhares perplexos de quem ainda não se acostumou com a ideia.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 8 de maio de 2014 Congresso | 11:00

Deputado cobra investigação de assassinato de três militantes do MST na mesma semana

Compartilhe: Twitter
Deputado Valmir Assunção (PT-BA) - (Foto: divulgação)

Deputado Valmir Assunção (PT-BA) – (Foto: divulgação)

O deputado Valmir Assunção (PT-BA) cobrou uma resposta do Incra e do Ministério do Desenvolvimento Agrário, sobre a morte de três militantes do MST, entre domingo e terça-feira, desta semana.

“É preciso que o governo federal tome medidas enérgicas, porque o latifúndio está combatendo os sem-terra, os lutadores pela reforma agrária, tirando-lhes a vida”, afirmou Assunção.

Leia também: Onda de ocupações do MST vai até 10 de maio

A suspeita, diz ele, é de que haja uma ação sincronizada de repressão ao movimento. A primeira vítima foi o militante Valdair Roque, assassinado no domingo, no Paraná. Já na última terça-feira, foram mortos os militantes Francisco Laci Gurgel Fernandes e Francisco Alcivan Nunes de Paiva, de 46 anos, do acampamento Edivan Pinto, no Rio Grande do Norte.

 

 

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 7 de março de 2014 Eleições | 16:01

“Ninguém no PMDB trabalha por isso”, diz dirigente do Paraná sobre aliança com o PT

Compartilhe: Twitter
Osmar Serraglio (divulgação)

Osmar Serraglio (divulgação)

Se o PMDB tinha quatro correntes bem definidas sobre as eleições no Paraná, esse número foi reduzido pela metade, já que duas correntes perderam fôlego. Uma delas a que pretendia apoiar a candidatura de Orlando Pessuti.

O PT também caiu em desogosto. Segundo o presidente do diretório paranaense do PMDB, deputado federal Osmar Serraglio, o grupo que flertava com a possibilidade de apoiar Gleisi Hoffmann desistiu dessa possibilidade.

“Não tem ninguém no PMDB trabalhando por isso (aliança com o PT), só o PT”, resumiu o dirigente. Perguntado se a situação é reflexo dos conflitos nacionais, Serraglio disse que não há relação entre as duas coisas.

Ele argumenta que a bancada do PMDB na Assembleia Legislativa do estado é da base do governador Beto Richa (PSDB), o que a coloca em rota de colisão com os petistas.

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014 Eleições | 08:00

No PMDB do Paraná, brigas dificultam até reuniões do diretório

Compartilhe: Twitter
Osmar Serraglio (divulgação)

Osmar Serraglio (divulgação)

O deputado Osmar Serraglio, presidente do diretório paranaense do PMDB, desistiu de promover reuniões formais do partido no estado com o objetivo de buscar uma solução para o impasse local acerca da candidatura local.

O partido está longe de uma definição enquanto quatro correntes tentam prevalecer: os apoiadores da candidatura de Roberto Requião, os que preferem lançar Orlando Pessuti, o grupo que defende o apoio ao governador Beto Richa (PSDB) e os que flertam com uma aliança com o PT de Gleisi Hoffmann.

Serraglio trocou as reuniões oficiais por uma abordagem mais informal. O giro pelo estado será feito, mas o presidente pretende ter conversas isoladas e até diálogos telefônicos em busca do consenso.

“Se eu convocar uma reunião pública do PMDB, vai ter briga. Por que vou provocar isso agora? São embates com consequências. Para quê eu vou proporcionar palco de rinha no qual alguém possa sair magoado?”, diz o deputado, dando uma dimensão do impasse local.

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014 Eleições | 11:00

Gleisi dará a largada na campanha em ato no dia 22

Compartilhe: Twitter
Gleisi Hoffmann (Foto: Celso Junior/AE)

Gleisi Hoffmann (Foto: Celso Junior/AE)

Enquanto o PT do Paraná trabalha para selar alianças, já tem data marcada a largada da pré-campanha de Gleisi Hoffmann ao governo do estado.

Leia também: Reforma ministerial deixa Esplanada mais masculina

O partido prepara um grande ato de largada, no dia 22 de fevereiro em Curitiba, e quer reunir o maior número possível de aliados.

O PT tem mostrado disposição em oferecer aos aliados tudo o que o governador Beto Richa (PSDB) oferecer, no melhor estilo cobrimos qualquer oferta, o que inclui espaços na chapa e coligações proporcionais.

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última