Publicidade

Posts com a Tag Pesquisas

segunda-feira, 20 de outubro de 2014 Eleições | 18:49

Pesquisas internas animam campanha de Dilma

Compartilhe: Twitter

O primeiro time petista aguarda ansiosamente as pesquisas que começam a ser divulgadas nesta noite. A campanha de Dilma Rousseff espera ver confirmada nos números a tendência dos trackings internos dos últimos dias.

O último levantamento interno do partido mostrou Dilma com 46%, contra 43% de Aécio Neves. Na largada do primeiro turno, o tucano chegou a ter 6 pontos de frente sobre Dilma.

 

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 22 de maio de 2014 Governo | 19:00

Ordem é evitar que Dilma volte a ‘sangrar’

Compartilhe: Twitter
A presidente Dilma Rousseff  (Foto: Roberto Stuckert Filho/PR)

A presidente Dilma Rousseff (Foto: Roberto Stuckert Filho/PR)

Diante dos resultados da nova pesquisa Ibope, segundo a qual a presidente Dilma Rousseff voltou a crescer nas intenções de voto, o governo estabeleceu como prioridade absoluta evitar que a petista volte a “sangrar”.

O governo e o PT já tinham identificado em pesquisas internas que a presidente havia parado de cair nas intenções de voto. Mas a alta de 37% para 40% na preferência do eleitor ajudou a melhorar os ânimos além do que previa o Palácio do Planalto.

A ordem continua sendo manter atenção especial a manifestações, em especial durante a Copa, e alardear realizações do governo.

 

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 19 de setembro de 2013 Política | 13:30

Lula venceria Dilma de lavada numa eleição presidencial

Compartilhe: Twitter
Lula ganharia com folga, diz levantamento

Lula ganharia com folga, diz levantamento

Uma pesquisa divulgada nesta semana no Paraná trouxe um dado que movimentou as conversas em rodas petistas. Foi traçado um cenário no qual o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva enfrentaria a presidente Dilma Rousseff na disputa pelo Palácio do Planalto.

O resultado, aponta o levantamento, seria uma vitória de Lula por 56,86%, sobre 17,08% de sua sucessora.

Quem fez a medição foi o Paraná Pesquisa Especialista em Opinião Pública, que ouviu 2.502 eleitores em 169 municípios, entre os dias 10 e 15 de setembro.

Leia também: Empresários enchem a caixa postal de Lula

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 3 de outubro de 2012 Eleições | 13:30

Cesar Maia: pode haver segundo turno em Belo Horizonte

Compartilhe: Twitter

O ex-prefeito do Rio de Janeiro Cesar Maia (DEM) é candidato a vereador e pai de um dos candidatos a prefeito, Rodrigo Maia. Portanto, uma figura diretamente interessada nas eleições e que o mais das vezes embaralha seus interesses e divergências políticas com as análises que faz.

Mas de qualquer maneira é uma figura muito inteligente e especializado em análises de pesquisas eleitorais. Não pode ser ignorado.

É curiosa sua sua análise de hoje na newsletter eletrônica “O ex-Blog do Cesar Maia”:

IBOPE COMEÇA A MOSTRAR EFEITOS DA POLARIZAÇÃO COM CONFRONTO!

1. Em S. Paulo e Belo Horizonte os efeitos das polarizações com confronto começam a desequilibrar o quadro eleitoral anterior. Em S. Paulo, Serra e Haddad duelam e ficam parados. O que Russomanno perde (tendência antecipada pelo Twitter deste Ex-Blog), quem absorve é Chalita.

2. Chalita passou o primeiro mês de TV com 5% das intenções de voto e já chega a 10%. A diferença de Serra e Haddad para Russomanno de 8 e 9 pontos é a mesma da Chalita para Serra e Haddad. Mas com uma diferença: Serra e Haddad estão parados e Chalita cresce.

3. A probabilidade de Serra e Haddad alcançarem Russomanno é menor que a de Chalita alcançar Serra e Haddad. Por isso, a imprensa deveria incluir Chalita no quadro eleitoral que destaca. O vetor de crescimento de Chalita foi percebido por ele que em seu programa, em que chama a atenção para o confronto PT-PSDB e convoca  o eleitor para um voto útil, numa terceira via de harmonia. Vem dando certo.

4. Em Belo Horizonte, a polarização com confronto entre Lacerda e Patrus aproximou a ambos, mas para uma diferença que não será alcançada por Patrus. Mas essa diferença de 9 pontos abre a possibilidade, que não existia antes, de um segundo turno. Os demais candidatos (somando intenção de voto com números fracionários) já somam 5 pontos.

5. Isso ocorre pelo voto –nem um nem outro- que no caso de Belo Horizonte, infla os nanicos. Desta forma, há dois movimentos convergentes: crescimento de Patrus e crescimento dos nanicos. A diferença então passa a ser de 4 pontos para se chegar ao segundo turno, gerando uma possibilidade que não existia duas semanas atrás.

6. As duas demais pesquisas no Rio e em Curitiba ratificam a situação anterior. O crescimento dos líderes é apenas o efeito do voto –se vai ganhar marco ele- que sempre se dilui perto das urnas.

7. O cancelamento do debate em S. Paulo deve ter sido um alívio para a TV Globo, pelo risco do debate desempatar Serra e Haddad e a “culpa” ser da emissora.

Autor: Tags: , , , , ,

Eleições | 08:02

Mensalão torna pesquisas “ainda mais incertas”, diz Marcos Coimbra

Compartilhe: Twitter

Do presidente do instituto de pesquisas de opinião Vox Populi, o sociólogo Marcos Coimbra, em seu artigo desta quarta-feira no jornal “Correio Braziliense”:

Essa eleição está sendo anormalmente afetada por fatores políticos externos.

(…) Julgamento do Mensalão com o processo eleitoral cria um ambiente de desconfiança generalizado no sistema político.

(…) O que estamos vendo é o descrédito da política e dos partidos de maneira geral.

(..) Não sabemos o quanto isso poderá afastar da urna o eleitor, diminuindo o comparecimento, ou aumentando os votos brancos e nulos. Por isso as pesquisas podem ficar ainda mais incertas.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 28 de setembro de 2012 Eleições | 19:07

PT aposta em bom desempenho na reta final da campanha

Compartilhe: Twitter

Diferentemente do baixo astral que vinha graçando solto no PT com julgamento do Mensalão e o mau desempenho de algumas das estrelas do partido — como o senador Humberto Costa, candidato a prefeito do Recife — o comando nacional do PT entrou em festa com as últimas pesquisas eleitorais.

O partido está na frente em 24 cidades com mais de 150 mil habitantes e aposta que, no país como um todo, aumentará a quantidade de votos obtidos para seus candidatos a prefeitos e vereadores, em relação às últimas eleições.

Nas capitais, os petistas avaliam que ganham no primeiro turno em quatro capitais: Rio Branco (Acre), Goiânia (Goiás), João Pessoa (PB) e até Salvador (Bahia).

O PT também festeja o crescimento em São Paulo, com Fernando Haddad;  Fortaleza, onde Elmano de Freitas chegou ao primeiro lugar nas pesquisas; e até em Belo Horizonte, com Patrus Ananias.

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 22 de agosto de 2012 Eleições | 08:29

Eleições em São Paulo: até tucanos admitem estarem surpreendidos

Compartilhe: Twitter

De um deputado do PSDB da Bahia sobre a possibilidade de um segundo turno entre Celso Russomano (PP) e Fernando Haddad (PT) na eleição para prefeito de São Paulo:

— Veja como eleição é uma coisa surpreendente. Até um mês atrás, era inimaginável pensar o Serra fora do segundo turno.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 20 de agosto de 2012 Eleições | 10:01

Até agora, julgamento do Mensalão não mexeu com as pesquisas eleitorais

Compartilhe: Twitter

Do presidente do Instituto Vox Populi, o sociólogo Marcos Coimbra:

“Nas pesquisas eleitorais disponíveis, não se percebe prejuízo para os candidatos petistas – ou vantagem para os adversários – causado pelo julgamento do Mensalão, passadas já três semanas do início. Como se vê, por exemplo, em São Paulo, onde, por enquanto, Serra míngua e Haddad cresce.”

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 18 de junho de 2012 Eleições | 10:01

Pesquisas apontam eleições marcadas pela mudança, diz Marcos Coimbra

Compartilhe: Twitter

Trechos de artigo do sociólogo Marcos Coimbra, presidente do instituto de pesquisas de opinião Vox Populi, publicado pelo jornal “Correio Braziliense” neste final de semana:

Ainda é cedo — na verdade, muito cedo — para chegar a qualquer conclusão, mas parece que, nas capitais estaduais, as próximas eleições serão marcadas mais pela mudança que pela continuidade.

É o que indicam as pesquisas disponíveis, realizadas, ao longo dos últimos meses, por empresas regionais e nacionais.

Pesquisas feitas a essa distância da eleição municipal costumam pintar quadros bem diferentes dos que terminam por prevalecer. Ao contrário das eleições gerais — especialmente as presidenciais — em que parcelas significativas do eleitorado se informam e decidem com antecedência, a escolha de prefeitos tende a acontecer tardiamente.

(…)

Hoje, no entanto, considerando as 24 capitais para as quais dispomos de dados, são poucos os casos de prefeitos que disputam a reeleição com favoritismo ou têm sucessores em posição confortável.

Nítidos, são apenas dois: os prefeitos de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB) e do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB). Somente eles passam de 40% nas pesquisas atuais – com destaque para o mineiro, que chega a 50%.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012 Partidos | 16:06

PSD faz pesquisa para identificar perfil do eleitor

Compartilhe: Twitter

O PSD do prefeito Gilberto Kassab recebeu há alguns dias resultado de uma pesquisa qualitativa e quantitativa para identificar o perfil do eleitor.

Foram ouvidas três mil pessoas pelo telefone e foram feitas 180 entrevistas, pessoalmente, em 46 cidades de 18 estados, além do Distrito Federal.

Os pesquisadores foram à campo no final do ano passado com missão de descobrir o que querem e quais são os valores dos brasileiros, o que entendem por política e como avaliam o governo federal.

O material, transformado em um livro de 54 páginas, servirá de base para a elaboração do programa do partido.

O resultado da pesquisa será apresentado pelo vice-governador Guilherme Afif Domingos amanhã, em Belo Horizonte. Afif é presidente do Espaço Democrático, fundação do PSD que tem a função de elaborar o programa do partido e realizar a formação política dos militantes.

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última