Publicidade

Posts com a Tag PMN

quinta-feira, 1 de setembro de 2011 Congresso | 11:04

O futuro incerto de Jaqueline Roriz

Compartilhe: Twitter

Líder temporário do PMN na Câmara, o deputado Fábio Faria (RN) afirmou ao Poder Online que todos os parlamentares do partido seguirão ao PSD do prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab.

Com exceção da deputada Jaqueline Roriz (DF), que teve processo de cassação rejeitado em votação na Câmara nesta semana.

Segundo Faria, ainda é uma incógnita se ela permanecerá — sozinha — no partido, ou se vai procurar outra legenda.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 31 de agosto de 2011 Congresso | 17:32

Em protesto contra Jaqueline, manifestante se veste de diabo e manda “políticos para o inferno”

Compartilhe: Twitter

Em protesto contra absolvição ontem da deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF), uma manifestante entrou agora há pouco, vestida de diabo, no Salão Verde da Câmara.

Questionada sobre porque estava vestida assim, atacou:

— É porque eu acho que todo o povo brasileiro gostaria de mandar todos esses deputados para o inferno.

Em seguida, a manifestante, chamada Leiliane Rebouça, foi convidada pelos seguranças a se retirar.

Assista:

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 30 de agosto de 2011 Congresso | 18:27

Partido de Jaqueline Roriz libera voto no processo de cassação de seu mandato

Compartilhe: Twitter

Líder do PMN na Câmara, o deputado Fábio Faria (RN) afirmou ao Poder Online que liberou a bancada na votação do processo de cassação da correligionária Jaqueline Roriz (DF), que acontece neste momento na Câmara:

— A maioria dos partidos liberou para que cada um vote como quiser. Pelo que estou vendo, há divisão. Na maioria das bancadas, ela deve ter voto à favor e contra — disse.

Jaqueline, como se sabe, foi flagrada em vídeo recebendo dinheiro de Durval Barbosa, delator do mensalão do DEM.

Autor: Tags: , , , ,

Congresso | 07:01

Reguffe critica ‘voto secreto’ em cassação de Jaqueline Roriz

Compartilhe: Twitter

Deputado mais votado do Distrito Federal, Antônio Reguffe afirmou que é favorável à cassação do mandato da deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF), flagrada em vídeo recebendo dinheiro do delator do escândalo do mensalão do DEM, Durval Barbosa.

E criticou, ao Poder Online, que uma votação como essa seja secreta:

— O eleitor tem direito de saber como seus representantes votam. É um absurdo existir essa história de voto secreto, ainda mais num caso como esse.

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 23 de agosto de 2011 Partidos | 17:27

PSD terá direito a 106 funcionários no gabinete da liderança

Compartilhe: Twitter

Faria (de barba) no encontro do PSD de Kassab com Dilma (Foto: Divulgação/Palácio do Planalto)

No dia 21 de julho, o PMN entrou com mandado de segurança no Supremo Tribunal Federal contra a Resolução nº4/2011 da Câmara, que “tem como objetivo adequar a proporcionalidade” do número de funcionários em gabinetes de lideranças ao tamanho das bancadas.

O fato está gerando protesto dos pequenos partidos porque os grandes mantiveram seus quadros mesmo com a redução das bancadas na eleição de 2010. O DEM passou de 65 para 43, mas mantém seus 106 funcionários. O PMDB caiu de 89 para 79, mas garante ainda 124 servidores na liderança. O PSDB perdeu 13 cadeiras e foi para 53, sem alterar seus 106 funcionários.

O PMN tem cinco deputados, contava com 25 funcionários e, com a resolução nº 4, ficou com apenas oito.

Na justificativa da liderança do PMN ao STF, o partido acusa: ” Em verdade, não foi no ensejo de adequar o funcionamento das legendas que se editou a resolução que ora se impugna incidentalmente. O que se tem é que a direção da Câmara dos Deputados, de forma abusiva e ilegítima, prepara-se para acomodar o PSD, nova legenda liderada pelo prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, que sequer teve o seu registro deferido pelo Tribunal Superior Eleitoral.”

Ou seja, se nascer mesmo com 40 deputados (ou até 55), o PSD terá direito a 106 servidores no gabinete de liderança.

A reação do PMN é explicada em números. Dos cinco deputados, o partido perdeu três – inclusive o líder. Na quinta-feira passada, o deputado Fabio Faria (RN) até visitou Dilma Rousseff ao lado de Kassab. Ou melhor, atrás de Kassab, como mostra a foto.

Autor: Tags: , , , , ,

Partidos | 17:26

Fábio Faria é anfitrião dos líderes da base pela última vez

Compartilhe: Twitter

Aliás, o almoço dos líderes da base governista, hoje, na casa de Fábio Faria foi o último dele como anfitrião. Como ocorre um rodízio entre as residências de suas excelências, o próximo a ser realizado na casa do líder do PMN já o encontraria no PSD que, como todos sabem, é independente.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 16 de junho de 2011 Congresso | 14:40

Decisão do Conselho de Ética de cassar Jaqueline Roriz pode ser anulada

Compartilhe: Twitter

O deputado Wladimir Costa (PMDB-PA) entrou ontem com recurso no Plenário da Câmara pedindo a anulação da decisão do Conselho de Ética de cassar o mandato da deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF), flagrada em vídeo recebendo dinheiro de suposto esquema de “caixa 2”.

Integrante do Conselho de Ética, Wladimir alega que o presidente do conselho cometeu uma irregularidade regimental ao negar pedido de vista, que é direito dos parlamentares.

Caso seja acatado o recurso, o relatório de cassação voltará ao Conselho de Ética da Casa para ser sujeito a nova votação.

Autor: Tags: , , , , , , ,

Congresso | 14:39

Recurso de Jaqueline Roriz tranca pauta da CCJ

Compartilhe: Twitter

A propósito, o recurso dos advogados de Jaqueline Roriz (PMN-DF) para tentar reaver a decisão do Conselho de Ética de cassar seu mandato já chegou na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.

A medida trancará a pauta da comissão na semana que vem.

Os advogados alegam que o conselho não pode analisar sua conduta já que, na época dos fatos, Jaqueline não era deputada federal.

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quarta-feira, 1 de junho de 2011 Congresso | 18:08

PSOL faz plantão no plenário da Câmara

Compartilhe: Twitter

Os deputados do PSOL combinaram de fazer revezamento no plenário da Câmara para impedir a votação do projeto de resolução nº 50/2011, que revê o número de Cargos em Comissão de Natureza Especial — assessores técnicos — que cada sigla tem direito.

Os socialistas temem que matéria seja aprovada em plenário “no apagar das luzes”.

Com a nova medida, o PSOL perderia nove comissionados especiais, dos 17 que hoje tem direito.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 18 de maio de 2011 Congresso | 08:03

PSOL e PMN brigam para não perder cargos na Câmara

Compartilhe: Twitter

As bancadas do PSOL e do PMN na Câmara tentam a todo custo adiar a votação do projeto de resolução nº 50/2011, que revê o número de Cargos em Comissão de Natureza Especial — assessores técnicos — que cada sigla tem direito.

Caso a medida seja aprovada, os dois partidos — que hoje têm direito a 17 comissionados especiais — perderão, cada um, nove cargos.

Para o líder do PSOL na Câmara, Chico Alencar (RJ), trata-se de uma tentativa de prejudicar a atuação da legenda na Casa:

— Não queremos mais cargos, e até fizemos a contraproposta de reduzir nossa assessoria. Falamos com presidente [da Câmara] Marco Maia, e agora tentamos negociar com os líderes. Do jeito que está, é demasia para uns, e estrangulamento para outros — disse ao Poder Online.

Autor: Tags: , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. Última