Publicidade

Posts com a Tag PP

quarta-feira, 31 de julho de 2013 Eleições | 19:00

Paulo Maluf deve encarar última eleição em 2014

Compartilhe: Twitter

No time mais próximo ao deputado Paulo Maluf (PP-SP), o clima é de despedida das urnas. O secretário-geral do PP de São Paulo, Jesse Ribeiro, braço direito do ex-prefeito e ex-governador de São Paulo, afirma que 2014 será sua última empreitada eleitoral.

Maluf tem 81 anos e se for eleito para mais um mandato em 2014, assumirá na nova legislatura com 84 anos (ele faz aniversário em setembro). Assim, na opinião de Ribeiro, é chegada a hora do ex-prefeito paulistano descansar.

“Aí ele já cumpriu o papel dele. É bom dar um descansada”, disse Ribeiro, que descartou a possibilidade de Maluf concorrer a qualquer outro cargo que não seja deputado federal. Vale lembrar que o mandato garante ao deputado foro privilegiado.

Autor: Tags: , , ,

Eleições | 08:00

‘O PP não tem nada fechado’, diz líder na Câmara sobre apoio a Dilma

Compartilhe: Twitter

O líder do PP na Câmara dos Deputados, Arthur Lira (AL), diz que o partido não tem absolutamente nenhuma posição fechada a respeito de apoiar a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).

Ele até admite que em reuniões recentes havia muitos correligionários defendendo a reedição da aliança de 2010, mas que o tema ainda precisa ser debatido.

“Não estamos fechados nem com a Dilma, nem com o Aécio (Neves), nem com o PSB ou com a Rede. Não definimos nada com nenhum dos partidos que se apresentam à corrida presidencial”, disse Lira.

O PP tem o Ministério das Cidades, com Aguinaldo Ribeiro, uma das pastas mais importantes da Esplanada.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 30 de julho de 2013 Congresso | 17:00

‘A Câmara toda já deixou de falar disso’, diz líder do PP sobre plebiscito

Compartilhe: Twitter

Se o líder do PT na Câmara dos Deputados, José Guimarães (CE), assegurou em entrevista ao Poder Online que o partido continuará brigando pela realização de um plebiscito para a reforma política, seu esforço pode não ter grandes adesões.

Mesmo entre a base do governo, há partidos que descartam o plebiscito, como é o caso do PP.

O deputado Arthur Lira (PP-AL), líder do partido aliado, diz que o assunto já não é mais sequer conversado nas conversas entre os parlamentares na Câmara.

“Não vejo mais esse assunto”, resumiu ele. ” A Câmara toda deixou de falar disso, só o PT fala. Isso é uma bandeira do PT e eles deverão insistir nisso, mas não é algo que ainda se converse”, afirmou o líder do PP.

 

Autor: Tags: , , , ,

sábado, 20 de julho de 2013 Congresso | 07:00

‘Existe uma bolsa de valores de deputados’, diz Espiridião Amin

Compartilhe: Twitter

O deputado Esperidião Amin (PP-SC) afirmou que existe atualmente uma bolsa de valores de deputados.

“Cada deputado vale uma cifra. Existe uma bolsa de valores de deputados”, disse Amin, ao criticar o modelo político atual.

Segundo o parlamentar catarinense, essa bolsa é guiada pelo que cada deputado representa em termos de tempo de TV e verbas do fundo partidário.

Amin disse que se o grupo de trabalho da reforma política, instituído na Câmara dos Deputados e do qual ele faz parte, tentar esconder isso qualquer reforma que se faça estará condenada.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013 Governo | 11:05

Maluf ameaça romper com Alckmin em 2014

Compartilhe: Twitter

O PP de Paulo Maluf (SP) diz ter um acordo com Geraldo Alckmin (PSDB) para as eleições 2014: a sigla teria assegurado espaço na gestão tucana à frente da CDHU, com Antônio Carlos do Amaral Filho, em troca do compromisso de apoiar a reeleição do governador paulista no ano que vem.

O problema é que aliados de Maluf consideram que a CDHU anda esvaziada, com baixa execução de projetos, e apontam a gestão do secretário estadual de Habitação, Silvio Torres (PSDB), como principal responsável pela situação. Por isso, pediram a troca de Torres.

Dizem concordar com a proposta de que o substituto seja um “técnico”, indicado por setores ligados à construção civil, como o SindusCon-SP e o Secovi. Maluf aguarda uma resposta do governador a respeito da demanda, que ficou de ser dada logo depois do carnaval, mas que até agora não veio.

Diante do impasse, o PP diz nos bastidores que o acordo para 2014 está sob risco.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013 Cidades | 15:23

Braço direito de Maluf diz que Haddad cumpre tudo o que prometeu

Compartilhe: Twitter

O secretário-geral do PP de São Paulo, Jesse Ribeiro, braço direito do deputado Paulo Maluf, minimiza a notícia de que o prefeito paulistano, Fernando Haddad (PT) esvaziou o papel do partido na administração municipal. Em 15 de janeiro, Haddad publicou portaria intersecretarial em que contigenciou 98% da verba que a secretaria de Habitação tem orçado para 2013. O titular da pasta indicado pelo PP é Floriano de Azevedo Marques Neto.

Ribeiro diz que o contingenciamento atingiu a outras secretarias e que não foi algo específico na pasta comandada pelo PP. O secretário-geral afirma também que há a expectativa de que Haddad libere R$ 500 milhões para a secretaria ainda no primeiro semestre de 2013 para cumprir meta de construir 55 mil casas.

“O que posso dizer é que naquilo que ele (Haddad) tratou conosco tem sido corretíssimo. Se tem alguém que posso falar que tem correção é Fernando Haddad”, disse Ribeiro.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 14 de novembro de 2012 Cidades | 21:48

PP encaminha lista com três nomes para Secretaria de Habitação de Haddad

Compartilhe: Twitter

O ministro das Cidades encaminhou uma lista com três nomes para o prefeito Fernando Haddad (PT) escolher o representante da legenda no primeiro escalão.

O partido deverá ocupar a pasta da Habitação e espera o anúncio oficial de seu representante até segunda-feira.

Ainda na fase de eleboração do programa de governo, o PP indicou o engenheiro civil Clodoaldo Roberto Baroni, formado pelo Instituto Politécnico de Ribeirão Preto, para dar sugestões na área de habitação.

Autor: Tags: , ,

Brasil, Governo | 18:30

Mercadante no jantar do PP

Compartilhe: Twitter

Os líderes do PP que foram recebidos ontem pela presidenta Dilma Rousseff para um jantar no Palácio da Alvorada estranharam a presença do ministro da Educação, Aloizio Mercadante, entre os convidados.

O líder do PP na Câmara, deputado Arthur Lira (AL) saiu do encontro com a impressão de que Mercadante poderá migrar para a Casa Civil, caso a ministra Gleisi Hoffmann saia da pasta.

“Fiquei pensando por que ela chamaria o ministro da Educação para esse jantar”, disse.

Gleisi é o nome do partido para disputar o governo do Paraná. No Planalto, a informação é de que ela ficará no cargo, mas, no entanto, continuam os rumores de que ela retornará ao Senado para preparar melhor sua candidatura.

Da parte do PP, também estiveram no Alvorada o presidente do partido, senador Francisco Dornelles (RJ), e o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro.

A ministra Ideli Salvatti (Relações Institucionais) e o chefe de Gabinete de Dilma, Giles Azevedo, reforçaram a representação do governo no jantar.

No encontro de ontem, Dilma garantiu que o PP permanece no Ministério das Cidades e obteve o apoio do partido para 2014.

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 13 de novembro de 2012 Cidades | 21:30

Partido de Maluf oferecerá nome para Habitação ou Transportes em secretariado de Haddad

Compartilhe: Twitter

O ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP), deve definir nesta quarta-feira a indicação do PP para o secretariado de Fernando Haddad (PT).

Seu partido, o mesmo do ex-prefeito Paulo Maluf, trabalha com duas opções: Habitação e Transportes.

Ribeiro definirá para qual das duas secretarias o PP oferecerá nomes para o prefeito eleito Fernando Haddad (PT).

Embora essas duas pastas já tenham sido alvo de especulações envolvendo nomes petistas, representantes do PP demonstram tranquilidade e evitam polemizar dizendo que caberá somente a Haddad decidir.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 8 de novembro de 2012 Cidades | 22:15

“Ele continua o mesmo Haddad de quando tinha 3%”, diz correligionário de Maluf

Compartilhe: Twitter

Secretário-geral do PP paulista, Jesse Ribeiro (PP) se disse surpreso quando recebeu, nesta quinta-feira, em seu apartamento,  o prefeito eleito Fernando Haddad (PT).

Braço direito do deputado Paulo Maluf, Ribeiro esperava se reunir apenas com o coordenador da transição.

A conversa, diz, foi muito cordial.

— A maioria dos políticos, depois que vence uma eleição, nem lembra de quem o ajudou — disse Ribeiro. — Haddad agradeceu nossa ajuda na eleição e nossa participação, que não criou nenhum problema na campanha. Nisso ele me impressionou, ele é o mesmo Haddad de quando tinha 3% na pesquisa — acrescentou o dirigente do PP.

Haddad vai a Brasília na segunda-feira para encontro com a bancada federal do PT paulista e deve aproveitar a viagem para se reunir com o ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro (PP).

Ribeiro diz que não indicou nenhum nome e que Haddad não ofereceu nenhum cargo, mas justificou a  decisão de colocar o ministro à frente do diálogo com o prefeito eleito.

O ministério das Cidades comanda programas federais que terão muita importância no futuro governo paulistano, como o “Minha casa, minha vida”, muito alardeado por Haddad durante a campanha eleitoral.

O futuro representante do PP no secretariado de Haddad poderia vir de quadros do próprio ministério.

Autor: Tags: , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 3
  3. 4
  4. 5
  5. 6
  6. 7
  7. 10
  8. Última