Publicidade

Posts com a Tag presidência do Senado

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015 Congresso | 12:00

PSDB fará reunião no sábado para acertar posição no Senado

Compartilhe: Twitter
Aloysio Nunes (foto: Agência Senado)

Aloysio Nunes (foto: Agência Senado)

O líder do PSDB no Senado, Aloysio Nunes Ferreira (SP), convocou para sábado a reunião em que a bancada baterá o martelo sobre a disputa na Presidência do Senado.

O que se espera é que a oposição tente se mobilizar para apresentar um nome, ao menos para marcar posição frente ao presidente da Casa, Renan Calheiros (AL).

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 17 de agosto de 2012 Congresso | 10:02

Dilma e Renan discutem futuro do Senado

Compartilhe: Twitter

Líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL) vai aproveitar a visita da presidenta Dilma Rousseff a Alagoas para trocar uma prosa sobre seu futuro.

É que a presidenta já lhe disse ter preferência pela candidatura do ministro das Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB-MA), à presidência do Senado no ano que vem.

Mas Renan seria um candidato natural ao cargo. E o PMDB está muito satisfeito com Lobão no lugar em que está. Se ele voltar ao Senado, seu substituto no Ministério deverá ser o secretário-executivo,  Márcio Zimmermann, um técnico ligado a Dilma.

No entanto, Renan também deseja se candidatar ao governo de Alagoas em 2014. E, para concorrer com segurança, precisará do apoio da presidenta da República.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 15 de março de 2012 Congresso | 09:01

Ministro Lobão avisa que aceita concorrer à Presidência do Senado

Compartilhe: Twitter

Edison Lobão (Foto: AE)

Diante da notícia de que Renan Calheiros (PMDB-AL) não mais concorrerá a presidente do Senado, publicada ontem pelo Poder online, um senador procurou o ministro das Minas e Energia, Edison Lobão.

Queria aferir se Lobão está interessado em concorrer à sucessão de José Sarney na presidência do Senado.

— Com o apoio do Sarney e da Dilma? Claro que sim — respondeu o ministro.

Aliado histórico de Sarney e substituto de Dilma quando ela deixou o Ministério das Minas e Energia, ainda no governo Lula, Lobão é senador pelo PMDB do Maranhão.

Teve seu nome incensado pela presidenta da República na conversa que ela manteve com Renan, na segunda-feira, quando comunicou a substituição dos líderes do governo na Cãmara e no Senado.

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 24 de novembro de 2010 Congresso | 15:58

O cabo-de-guerra do PMDB com o PT na Câmara

Compartilhe: Twitter

O líder do PMDB na Câmara, Henrique Eduardo Alves (RN), disse ao presidente do seu partido, Michel Temer (SP), que está disposto a entregar ao PT os primeiros dois anos de comando da Câmara, ficando para os peemedebistas a presidência da Casa nos dois últimos anos de mandato de Dilma Rousseff.

Mas Henrique Eduardo Alves só aceita o acordo se o PT assinar um documento comprometendo-se com o rodízio.

O problema é que os petistas não querem assinar, na expectativa de que a presidência do Senado também entre no rodízio — PMDB no comando agora e PT nos dois anos seguintes.

Daí o cabo de guerra entre os dois partidos.

Mas, segundo Henrique disse a Temer, se o PT não assinar o documento até o dia 1º de janeiro, ele lançará sua candidatura a presidente da Casa pelo bloco com PP, PTB, PR, etc. E aí não poderá mais voltar atrás.

Autor: Tags: , , , , ,

sábado, 20 de novembro de 2010 Congresso | 08:02

Líder petista vai insistir no rodízio PT-PMDB tanto na Câmara como no Senado

Compartilhe: Twitter

Líder do governo na Câmara, Cândido Vaccarezza disse que vai insitir dentro de seu partido na retomada das negociações pelo rodízio das presidências da Câmara e do Senado entre o PT e o PMDB.

O presidente do partido, José Eduardo Dutra, havia declarado ser contra o rodízio. Para Dutra, como o PT é a maior bancada da Câmara e o PMDB, a maior no Senado, o correto é cada partido comandar uma das Casas pelos próximos quatro anos. Sem rodízios.

Mas Vaccarezza discorda:

— As duas bancadas têm dimensões aproximadas e isto sempre pode levar a disputas. Alternando cada partido com o comando de uma das Casas a cada dois anos, ou seja, com o rodízio, estaremos abrindo espaço para mais gente e diminuindo as áreas de atritos.

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 19 de novembro de 2010 Congresso | 06:01

Sarney diz que resistirá aos apelos para continuar presidente do Senado

Compartilhe: Twitter

O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), tem evitado falar sobre sua permanência no cargo desde quando anunciou que não pretende se candidatar à reeleição.

O PMDB entendeu, com sua declaração, que Sarney não quer concorrer, mas sim ser ungido novamente presidente do Senado.

Daí que o líder do partido no Senado, Renan Calheiros, declarou ao Poder Online que o partido insistirá na permanência do velho cacique.

Pego de surpresa pela câmera da coluna, Sarney saiu-se de maneira enigmática:

— O Renan é quem tem que insistir. E eu tenho que resistir…

Veja o vídeo:

Nem um dos mais fieis escudeiros de Sarney, o senador Edison Lobão (PMDB-MA), acredita que ele resistira.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 18 de novembro de 2010 Congresso | 06:03

Lobão aposta que Sarney cede “aos apelos” do PMDB

Compartilhe: Twitter

O senador Edison Lobão (PMDB-MA) é um velho escudeiro do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), na cota de quem já comandou o Ministério das Minas e Energia no governo Lula.

Agora Lobão não sabe se será ministro indicado pelo PMDB para o governo Dilma ou candidato a presidente do Senado, caso Sarney deixe o cargo.

No vídeo abaixo, gravado com exclusividade para o Poder Online, ele se confessa numa dúvida “que não deixa de ser agradável”. Mas sugere que Sarney acabará “não resistindo aos apelos do PMDB”. Portanto…

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 17 de novembro de 2010 Congresso | 07:02

Renan diz que é candidato a continuar como líder e que PMDB insiste em Sarney como presidente do Senado

Compartilhe: Twitter

Líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (AL), diz que não irá concorrer à presidência da Casa.

Em rápida entrevista ao Poder Online,  Renan  afirma que é candidato à reeleição para a liderança e que o PMDB insistirá na manutenção de José Sarney (AP) como presidente do Senado.

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 10 de novembro de 2010 Congresso | 11:57

PMDB insiste na reeleição de Sarney para presidente do Senado

Compartilhe: Twitter

O PMDB começou a articular a reeleição de José Sarney (PMDB-AP) para presidente do Senado.

Isso mesmo: Sarney. Apesar de ele ter dito que não concorreria à reeleição para o cargo.

Maior bancada na Casa, o PMDB está sem opções, principalmente porque o mais cotado, Edison Lobão (PMDB-MA), é também a opção mais forte do partido para o comando do Ministério de Minas e Energia.

O líder Renan Calheiros (PMDB-AL) cogitou disputar, mas seus assessores têm argumentado com ele que o decano do PMDB sofreria menos rejeição.

Sarney tem sido agradavelmente convencido pelos colegas a voltar atrás na desistência. Como é do seu gosto.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 9 de novembro de 2010 Congresso | 06:01

Renan Calheiros tem dúvidas se Sarney desistiu de presidir o Senado

Compartilhe: Twitter

Renan Calheiros (Foto: AE)

Líder do PMDB e ex-presidente do Senado, Renan Calheiros (AL) nega que esteja candidato a assumir novamente a presidência da Casa. Mas também não afirma com todas as letras que não concorrerá.

Velha raposa da política, antes de dar qualquer passo Renan vai esperar que outra raposa, mais velha ainda, dê sinais mais claros de qual caminho seguirá.

E quem é esta raposa mais velha? O atual presidente do Senado, José Sarney, que declarou não estar mais disposto a comandar a Casa, mas cuja desistência ainda não é reconhecida por seus colegas.

— Não dá para dizer nada por enquanto. O próprio Sarney disse uma vez que não vai presidir o Senado ano que vem, mas depois parou de dizer. Não sabemos se ele voltou atrás. Na verdade, o processo sucessório no Senado não foi deflagrado. A única coisa certa é que a vaga será do PMDB — disse Renan ao Poder Online.

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última