Publicidade

Posts com a Tag presos e indiciados

quinta-feira, 29 de novembro de 2012 Brasil | 09:00

O mensageiro procurado

Compartilhe: Twitter

A Polícia Federal busca um personagem curioso nesta época de alta tecnologia: o mensageiro que fazia a entrega de bilhetes manuscritos trocados entre as estrelas mais cintilantes que surgiram nas investigações da Operação Porto Seguro.

Os principais personagens da história e os alvos da investigação conversavam sobre os assuntos mais importantes por meio mensagens escritas de próprio punho.

A área de inteligência policial chama o “modus operandi” de caixa morta: a primeira mensagem e a resposta são escritas no mesmo bilhete, que é destruído após atingir o objetivo.

O mensageiro é um motoboy que não sabia o que transportava.

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 26 de novembro de 2012 Congresso | 18:59

Senado convoca Cardozo, Adms e agências

Compartilhe: Twitter

As sindicâncias administrativas e a demissão ou afastamento dos  indiciados na Operação Porto Seguro, da Polícia Federal, não foram suficientes para acalmar a oposição no Senado, que sabatinou e respaldou a nomeação dos dirigentes das agências reguladoras e Advocacia Geral da União (AGU).

“É saudável a decisão da presidente Dilma. Mas o Congresso tem o dever de fiscalizar e aprofundar a investigação”, diz o senador Randolfe Rodrigues (PSOL-AP).

Randolfe e seu colega Pedro Taques (PDT-MT) apresentaram requerimento convocando o titular da Advocacia Geral da União (AGU), Luis Inácio Adms e os dirigentes de duas agências reguladoras, a Agência Nacional das Águas (ANA) e Agência Nacional da Aviação Civil (ANAC) na suposta venda de parecer à empresas privadas interessadas em obras e serviços nos portos.

O senador Pedro Simon (PMDB-RS) pediu a convocação do ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, na Comissão de Constituição e Justiça.

O Senado quer saber se a Polícia Federal – ligada ao Ministério da Justiça –  tem informações mais relevantes do que foi divulgado.

A oposição quer também a presença da ex-chefe do escritório de Representação de Brasília em São Paulo, Rosemary Noronha, a Rose.

Não podem convocá-la, mas vão convidá-la. Acham que “abandonada”, como se encontra, pode render um bom depoimento.

Autor: Tags: , , , ,