Publicidade

Posts com a Tag propostas

quarta-feira, 31 de outubro de 2012 Política | 08:00

Dilma quer a reforma política em 2012

Compartilhe: Twitter

A presidente Dilma Rousseff recomendou à bancada do PT na Câmara que desengavete o relatório do deputado Henrique Fontana (PT-RS) e vote ainda este ano a reforma política.

“A presidente pediu e a gente vai votar”, disse o líder do PT, Jilmar Tatto (SP).

Ele acha que como a matéria já foi amplamente debatida nas comissões é provável que ainda em novembro seja votada em plenário.

Tatto diz que para o PT o ponto fundamental é a aprovação de financiamento público total às campanhas.

“Sem financiamento o PT não vota”, alerta. Medidas como voto em lista partidária ou voto distrital, segundo ele, são negociáveis.

A constatação de que o caixa dois correu solto e aumentou exageradamente o volume de doações ocultas – empresários contribuem com os diretórios e comitês partidários e estes repassam aos candidatos – ajudou a convencer o Palácio do Planalto.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 27 de janeiro de 2011 Congresso | 08:01

Marco Maia versus Sandro Mabel

Compartilhe: Twitter

Enquanto o petista Marco Maia (RS) foi mais genérico em suas propostas para a Presidência da Câmara na reunião da bancada do PSDB ontem, o deputado Sandro Mabel (PR-GO) apresentou propostas mais concretas.

Mas não parece ter empolgado muito a bancada tucana.

Veja só:

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 9 de agosto de 2010 Eleições | 08:04

A força do PAC, o Partido da Associação Comercial

Compartilhe: Twitter

Sede da Associação Comercial de São Paulo (Foto: AE)

Daqui a pouco, às 14h, os candidatos a presidente receberão, em evento no Memorial da América Latina, na capital paulista, as propostas da Confederação das Associações Comerciais e da Associação Comercial de São Paulo.

São seis revistas com textos de inúmeros autores sobre vários temas, como educação, saúde, segurança pública, reformas trabalhista, tributária e política etc.

Pode parecer mais uma instituição entregando propostas a candidatos. Mas há mais coisas entre o ato público e a articulação política por trás deste movimento do que pode pensar a vã filosofia do eleitor.

Essa é a pauta que os deputados apoiados pelas associações comerciais de todo o Brasil irão defender na próxima legislatura e, provavelmente, será a pauta do Congresso Nacional, seja quem for o presidente da República.

As associações comerciais formam, hoje, o partido mais poderoso do país, com 2.200 representações e certamente vão eleger a maior bancada da Câmara.

Nas entrelinhas daquele pequeno calhamaço de papers, há muitas pistas do que essa bancada irá apoiar ou não.

Autor: Tags: , , ,