Publicidade

Posts com a Tag protestos

quarta-feira, 10 de junho de 2015 Congresso, Política | 18:07

Para André Moura, manifestantes eram “baderneiros”

Compartilhe: Twitter

Depois de dar a ordem para retirar manifestantes do plenário da comissão especial que discute a proposta de redução da maioridade penal, o presidente da comissão, deputado André Moura (PSC-SE), justificou sua atitude chamando os manifestantes de baderneiros. Acusado por parlamentares de não permitir a manifestação dos deputados contrários à proposta, Moura se defendeu dizendo que os deputados precisam respeitar o regimento da Casa.

Com a confusão, o deputado foi abrigado a adiar a votação da proposta para a próxima semana.

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 8 de abril de 2015 Partidos | 23:46

PSDB de São Paulo faz convocação geral para protestos do dia 12

Compartilhe: Twitter

O PSDB estava em dúvida, mas acabou decidindo fazer uma convocação formal de seus filiados para que participem dos protestos marcados para o próximo dia 12. Nas manifestações ocorridas em março, a direção partidária achou melhor não aderir formalmente aos atos, mas a avaliação de que cresce a oportunidade de capitalizar o desgaste da presidente Dilma Rousseff levou a legenda a reavaliar a abordagem.

Uma convocatória oficial foi distribuída agora à noite, via Whatsapp, pelo presidente do PSDB de São Paulo, Duarte Nogueira. É no maior colégio eleitoral do País que o PSDB espera que os protestos tenham maior adesão.

“Estamos convidando todos os nossos amigos, simpatizantes, partidários para que estejam nas ruas no próximo domingo, no dia 12 de abril, para mostrar sua indignação”, diz Nogueira, no vídeo distribuído para convocar a militância tucana.

Assista:

Autor: Tags: , ,

domingo, 5 de abril de 2015 Política | 07:00

Alckmin vai passar bem longe das manifestações anti-Dilma

Compartilhe: Twitter

Embora o PSDB discuta nos bastidores a possibilidade de ampliar seu envolvimento nos protestos anti-Dilma, o governador Geraldo Alckmin já avisou que vai continuar evitando o envolvimento direto nas manifestações.

Geraldo Alckmin (foto: divulgação)

Geraldo Alckmin (foto: divulgação)

Parte do partido defende que, diferentemente do que ocorreu em 15 de março, os tucanos participem ativamente e tomem a linha de frente nos atos convocados para o próximo dia 15.  Há, por exemplo, propostas para que o senador tucano Aécio Neves, presidente nacional do PSDB e candidato derrotado à Presidência, vá para  a rua.

Hoje, Alckmin e Aécio são os dois nomes que aparecem no topo da lista de possíveis candidatos do PSDB à Presidência em 2018. De um lado, avaliam interlocutores dos dois tucanos, a participação nos protestos poderia render uma vitrine e tornar mais direta a associação do partido e de seus principais líderes ao “sentimento anti-PT”.

Do outro, há quem defenda que a jogada é arriscada demais. Primeiro, o risco de aproximação com grupos que defendem o impeachment poderia render aos tucanos a fama de “golpistas”.

Por via das dúvidas, Alckmin achou melhor ficar de fora. O que pode acontecer é alguns de seus secretários comparecem aos protestos, com o discurso de que apoiam democraticamente as manifestações.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 17 de março de 2015 Política | 09:00

Para Alckmin, protestos evidenciaram terreno fértil para a oposição no interior

Compartilhe: Twitter
Governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP). Foto: Divulgação

Governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP). Foto: Divulgação

O governador Geraldo Alckmin sentou-se ontem com um auxiliar para fazer um diagnóstico dos protestos do último domingo. Entre um comentário e outro, o tucano comentou com o aliado que as manifestações evidenciaram um terreno fértil para a oposição no interior paulista.

Os dois listaram o desempenho dos atos em alguns colégios que consideram estratégicos: 40 mil pessoas nas ruas em Ribeirão Preto, e 15 mil em Presidente Prudente. No litoral, destacou-se Santos, com 25 mil participantes, segundo as contas do governo.

Autor: Tags: ,

segunda-feira, 16 de março de 2015 Política | 13:14

‘Haja coxinha para encher as ruas desse jeito’, ironiza vice-presidente do PSDB

Compartilhe: Twitter
O ex-governador de São Paulo Alberto Goldman (Foto: Divulgação)

O ex-governador de São Paulo Alberto Goldman (Foto: Divulgação)

Um dia depois dos protestos que ganharam as ruas em oposição ao governo da presidente Dilma Rousseff, o vice-presidente do PSDB, Alberto Goldman, diz que ficou claro que a insatisfação já se estendeu para muito além da elite. “Haja coxinha para encher as ruas desse jeito”, ironizou o tucano.

Goldman afirmou que o governo e o PT minimizaram o grau de insatisfação na classe média brasileira, que, segundo ele, encheu os protestos deste domingo.

“Eles se autoenganaram. E, o que vemos, é que nada mudou de fato. As falas dos ministros sobre as manifestações mostram que eles continuarão dizendo que ganharam as eleições e farão a mesma coisa que fizeram até agora.”

 

Autor: Tags: , ,

Governo | 07:00

Para o governo, protestos acendem sinal vermelho e resposta tem que ser rápida

Compartilhe: Twitter
A presidente Dilma Rousseff. (Foto: Alan Sampaio / iG Brasília)

A presidente Dilma Rousseff. (Foto: Alan Sampaio / iG Brasília)

O governo da presidente Dilma Rousseff sentou-se ontem para fazer um diagnóstico das manifestações que tomaram a rua e concluiu que a resposta terá que ser rápida. A avaliação que predominou no círculo próximo à presidente foi a de que os protestos acenderam o sinal vermelho, mas também permitiram que Dilma reaja sem precisar lidar com uma resistência de setores da base aliada.

Dilma, segundo um ministro, baixou a guarda. A presidente, explica o auxiliar, mostrou-se mais aberta a sugestões que de costume e mais disposta a fazer mudanças mais profundas no governo. Ouviu mais do que de costume.

Na prática, entretanto, auxiliares de Dilma reconhecem que o pacote contra a corrupção anunciado ontem avança pouco em relação ao que foi prometido durante a campanha presidencial.

Além disso, uma preocupação diz respeito à maneira com o governo se comunica. Dilma indicou que pretende falar mais e mostrou-se mais aberta a entrevistas.

Autor: Tags: , , ,

sábado, 14 de março de 2015 Política | 09:00

Até ministro da articulação política foi escalado para plantão dos protestos

Compartilhe: Twitter

Nem mesmo o ministro da Secretaria de Relações Institucionais, Pepe Vargas, cuja tarefa é cuidar da articulação do governo com o Congresso, escapou do plantão convocado pela presidente Dilma Rousseff para o próximo domingo.

Assim como nomes como Aloizio Mercadante e Miguel Rossetto, ele ficará em Brasília neste fim de semana para dar suporte aos desdobramentos das manifestações.

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 13 de março de 2015 Governo | 17:04

Governo prevê protestos fortes em São Paulo, Rio e Brasília

Compartilhe: Twitter
 Dilma Rousseff (Foto: Agência Brasil)

Dilma Rousseff (Foto: Agência Brasil)

A avaliação feita pelo Palácio do Planalto para este domingo é de que as manifestações serão difusas em grande parte das capitais. Mas serão fortes mesmo em três cidades: Brasília, Rio de Janeiro e, acima de tudo, São Paulo.

Sobre São Paulo, aliás, ninguém no governo entendeu até agora como é que vingou a ideia de marcar uma viagem da presidente a São Paulo no início desta semana, em meio à repercussão do panelaço do último domingo.

Afinal, todo mundo sabe que é ali que se concentra o maior problema de popularidade da presidente. Teve inclusive ministro de Dilma que disse abertamente ser contra a visita. Não foi ouvido.

Autor: Tags: , ,

Política | 16:44

Dilma reúne ministros para diagnóstico das manifestações

Compartilhe: Twitter
Presidente Dilma Rousseff. (Foto: Agência Brasil)

Presidente Dilma Rousseff. (Foto: Agência Brasil)

Dilma Rousseff está reunida nesta tarde com alguns ministros, entre eles os titulares da Casa Civil, Aloizio Mercadante, e o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo.

O assunto são as manifestações desta sexta-feira e, principalmente, as de domingo.

Autor: Tags: , , ,

Política | 16:26

Para o governo, Revoltados Online mais ajudam do que atrapalham

Compartilhe: Twitter

A avaliação feita neste momento pelo governo Dilma é que a atuação do grupo Revoltados Online, até segunda ordem, mais ajuda do que atrapalha a presidente.

Isso porque o discurso é tão “radical”, dizem assessores palacianos, que ajudam a tirar o crédito de parte das manifestações contra o governo.

Leia também: Bolsonaro é o mais indicado para a Presidência, diz integrante do Revoltados Online

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última