Publicidade

Posts com a Tag Ricardo Izar

terça-feira, 5 de agosto de 2014 Congresso | 19:24

Presidente do Conselho de Ética reage e diz que advogado de André Vargas age de ‘má-fé’

Compartilhe: Twitter

O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados, Ricardo Izar (PSD-SP), divulgou nota em que critica as acusações do advogado do deputado André Vargas (sem partido-PR), Michel Saliba, de que ele o relator do caso, deputado Júlio Delgado (PSB-MG), estariam agindo de má-fé na condução do processo.

O deputado federal Ricardo Izar (PSD-SP). Foto: Agência Câmara

O deputado federal Ricardo Izar (PSD-SP). Foto: Agência Câmara

Vargas é alvo de representação para apurar suposta quebra de decoro parlamentar por causa de suas relações com o doleiro Alberto Youssef, preso pela PF no âmbito da Operação Lava Jato.

“Estamos trabalhando com toda a transparência  possível para que o processo transcorra de acordo com as normas estabelecidas pelo Código de Ética e pelo Regimento Interno desta Casa. Além disso, sempre estivemos, juntamente com a Secretaria do Conselho, à disposição dos advogados do deputado André Vargas para contribuir com o perfeito andamento do processo”, diz a nota.

Izar devolve ao defensor de Vargas a acusação de má-fé por causa de mandado de segurança impetrado no STF. “Má-fé é afirmar no STF que não recebeu cópia integral do Inquérito 3596, sendo que temos o recibo da entrega do documento ao nobre advogado. Posso enumerar outras inverdades contidas no mandado de segurança, mas prefiro elencá-las diretamente na resposta que enviaremos ao STF”, afirma o documento.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 21 de julho de 2014 Congresso | 10:30

Ricardo Izar investigará agressões virtuais

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Ricardo Izar (PSD-SP). Foto: Agência Câmara

O deputado federal Ricardo Izar (PSD-SP). Foto: Agência Câmara

Conhecido por sua atuação em defesa dos direitos animais, o deputado federal Ricardo Izar (PSD-SP) decidiu investigar o que há por trás de agressões e mensagens de ódio que vem recebendo na internet. A suspeita do deputado é de que possa haver interesses políticos de adversários eleitorais em jogo.

Assista: ‘Quem vai assumir a responsabilidade de deixar de salvar os animais’, questiona Izar

Izar já enviou a um advogado imagens de publicações no Facebook, e-mails e textos publicados tanto por perfis anônimos, como por ativistas que criticaram publicamente a redação final do projeto de lei 6602/2013, que proíbe testes com animais para cosméticos com ingredientes novos e aguarda aprovação do Senado.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 18 de julho de 2014 Congresso | 07:30

Presidente da Câmara pede votação dos casos Vargas e Argôlo até eleições

Compartilhe: Twitter
O deputado Henrique Eduardo Alves (Foto: José Cruz/ABr)

O deputado Henrique Eduardo Alves (Foto: José Cruz/ABr)

O próprio presidente da Câmara dos Deputados, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), tem se articulado para garantir que os processos contra o ex-petista André Vargas e Luiz Argôlo (SDD-BA) sejam concluídos até as eleições de outubro.

Leia também: Argôlo alega uso de prova ilegal em defesa no Conselho de Ética

Alves, que disputará o governo do Rio Grande do Norte, pediu agilidade na condução dos processos diretamente ao presidente do Conselho de Ética, Ricardo Izar (PSD-SP).

Com o adiamento da votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias, o prazo dos processos continua a correr normalmente e os relatores de cada processo – Júlio Delgado (PSB-MG) e Marcos Rogério (PDT-RO) – afirmam que seguirão o combinado.

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 16 de julho de 2014 Eleições | 16:50

Aliança com Maluf preocupa bancada do PSD paulista

Compartilhe: Twitter
O ex-prefeito Paulo Maluf (PP-SP). (Foto: Divulgação)

O ex-prefeito Paulo Maluf (PP-SP). (Foto: Divulgação)

Se na disputa de Paulo Skaf (PMDB-SP) pelo governo do estado a presença do ex-prefeito Paulo Maluf (PP-SP) é vista com otimismo, a coligação proporcional entre PMDB, PSD, PP e PROS tem preocupado a bancada do PSD de São Paulo.

A avaliação é de que, com a presença de candidatos puxadores de voto como o ex-prefeito, o PSD será um dos partidos que mais precisará aumentar sua votação individual para conseguir ampliar a própria bancada.

A estimativa é de que a votação mínima suba para 120 mil eleitores. Em 2010, o atual candidato à reeleição e primeiro vice-presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular, Jefferson Campos (PSD-SP), chegou a ser eleito com 116 mil votos. Já o presidente do Conselho de Ética e deputado de primeiro mandato, Ricardo Izar (PSD-SP), chegou à câmara com 87 mil votos. Na época, Campos foi eleito pelo PSB e Izar, pelo PV.

Leia também: ‘Não acredito que Skaf vá repetir fenômeno Russomano’, diz coordenador de campanha

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 14 de julho de 2014 Congresso | 07:30

Deputados propõem adiar recesso para concluir casos Vargas e Argôlo

Compartilhe: Twitter
Deputado federal Ricardo Izar (PSD-SP) - Foto: Divulgação

Deputado federal Ricardo Izar (PSD-SP) – Foto: Divulgação

O presidente do Conselho de Ética da Câmara, Ricardo Izar (PSD-SP), e os relatores Júlio Delgado (PSB-MG) e Marcos Rogério (PDT-RO) sugeriram adiar a votação da Lei de Diretrizes Orçamentárias demorar mais algumas semanas. Desta forma, o recesso parlamentar também seria adiado, aumentando o prazo antes das eleições para se concluir os processos contra André Vargas, recentemente desfiliado do PT, e Luiz Argôlo (SDD-BA).

A estratégia faz parte de uma tentativa de driblar os advogados dos dois investigados pelo Conselho de Ética, que têm repetidamente adiado os depoimentos das testemunhas sobre o envolvimento dos parlamentares com o doleiro Alberto Yousseff.

Os deputados já conversaram com os líderes de seus partidos para adiar a votação da LDO. Ainda assim, é baixa a expectativa de se conseguir votar até outubro os dois relatórios – que poderão determinar a cassação dos mandatos de Vargas e Argôlo -, no Conselho de Ética e no Plenário da Casa.

Autor: Tags: , , , , , ,

sexta-feira, 4 de julho de 2014 Congresso | 10:30

‘Quem vai assumir a responsabilidade de deixar de salvar os animais’, questiona Izar

Compartilhe: Twitter

Mesmo após a aprovação na Câmara do PL 6602/2013 pela Câmara, o deputado federal Ricardo Izar (PSD-SP) tem sido alvo de críticas do movimento em defesa dos animais. Os ativistas defendem que o projeto, tal como chegou ao Senado, é insuficiente. Atualmente, ele proíbe apenas testes com animais para cosméticos com ingredientes novos.

Leia também: Articulação no Congresso tenta banir pornografia com animais no Brasil

Para Izar, no entanto, é preciso caminhar “degrau por degrau”. O deputado lembra, inclusive, que outros projetos semelhantes estão há décadas parados no Congresso Nacional por falta de acordo, como o PL 1376/2003, que estabelece uma política pública nacional de castração de animais.

“Eu quero saber quem vai assumir a responsabilidade de deixar de salvar os animais”, lançou Izar. “Podemos lutar pela emenda no Senado? Acho que sim, mas tenho medo de demorar muito e acabar deixando a matança de animais em testes com produtos já conhecidos”, completou.

Assista mais:

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 16 de junho de 2014 Congresso | 07:30

Raupp pode assumir relatoria de projeto que proíbe testes com animais

Compartilhe: Twitter
O senador Valdir Raupp

O senador Valdir Raupp

O deputado Ricardo Izar (PSD-SP) já começou a articular a tramitação no Senado de seu projeto que proíbe testes da indústria cosmética em animais.

Izar procurou o senador Valdir Raupp (PMDB-RO) para perguntar se ele tem interesse em assumir a relatoria da proposta no Senado.

Raupp tem proposta semelhante e Izar acredita que isso será um ponto positivo para fazer o texto andar no Senado.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 5 de junho de 2014 Congresso | 16:30

Ricardo Izar oferece imagem de padroeiro dos animais a Henrique Alves

Compartilhe: Twitter
Imagem de Santo Antônio: presente de agradecimento do deputado Ricardo Izar (PSD-SP) ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves.

Imagem de Santo Antônio: presente de agradecimento do deputado Ricardo Izar (PSD-SP) ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves.

O deputado federal Ricardo Izar (PSD-SP) ficou tão contente após a aprovação do projeto de sua autoria para restringir o uso de animais em testes cosméticos, que deu até um presente ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN).

O símbolo de agradecimento foi uma imagem de São Francisco (na foto), conhecido como o padroeiro dos animais.

A versão aprovada do PL 6602/13 seguiu o parecer do deputado Weverton Rocha (PDT-MA), menos rigoroso que o original, mas que mantém a proibição de testes para produtos de higiene pessoal e perfumes.

Leia também: Ambientalista pretende aprofundar debate sobre testes em animais com opositores

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 3 de junho de 2014 Congresso | 09:00

Presidente do Conselho de Ética é assaltado e fica sem telefone

Compartilhe: Twitter
Deputado federal Ricardo Izar (PSD-SP) - Foto: Divulgação

Deputado federal Ricardo Izar (PSD-SP) – Foto: Divulgação

O presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados, deputado Ricardo Izar (PSD-SP) foi assaltado na semana passada durante passagem por São Paulo.

Izar acabou ficando sem o seu smartphone depois de ser ameaçado por um bandido que o abordou no trânsito e, segundo o parlamentar, o ameaçou com um revólver.

Ao abordar uma viatura da Polícia Militar para comunicar a ocorrência, Izar acabou ficando no vazio, já que os policiais sumiram sem aparentemente ir atrás dos suspeitos.

Depois de nova tentativa com uma segunda viatura que policiava a região, o deputado conseguiu ajuda, mas tarde demais para recuperar seu telefone.

Autor: Tags:

sexta-feira, 9 de maio de 2014 Congresso | 12:00

Deputado negocia com Planalto acordo para votar proibição de testes em animais

Compartilhe: Twitter
Deputado federal Ricardo Izar (PSD-SP) - Foto: Divulgação

Deputado federal Ricardo Izar (PSD-SP) – Foto: Divulgação

O deputado Ricardo Izar (PSD-SP) reuniu-se ontem com  representantes da Secretaria de Relações Institucionais, Anvisa, CNPq, Ministério da Ciência e Tecnologia e Casa Civil. O encontro foi realizado no Palácio do Planalto, com o objetivo de firmar um acordo para a votação do PL 6602/2013, que prevê o fim do uso de animais em testes da indústria cosmética.

Embora o texto esteja pronto para a votação no plenário, o Planalto sinalizou preocupação em relação ao prazo em que a nova lei entrará em vigor.

Como não houve atrito sobre o mérito da proposta, a Casa Civil ficou responsável por fazer ajustes no texto, sobretudo no que diz respeito ao prazo em que a lei entrará em vigor, para que ele possa ser votado no Plenário na próxima semana, o requerimento de urgência já foi aprovado.

Autor: Tags: , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. Última