Publicidade

Posts com a Tag Rio de Janeiro

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2014 Eleições | 12:00

Lindbergh ainda não convenceu o próprio PT

Compartilhe: Twitter
Lindbergh Farias (Foto: José Cruz/ABr)

Lindbergh Farias (Foto: José Cruz/ABr)

O senador Lindbergh Farias (PT-RJ) bateu o pé e conseguiu viabilizar sua candidatura ao governo do Rio, mas nem seu próprio partido está totalmente convencido do acerto da estratégia.

Há no PT quem avalie que todo o cenário eleitoral no Rio de Janeiro só contribuiu para tensionar ainda mais a relação do PMDB com a presidente Dilma Rousseff, num momento em que a coligação para a campanha de reeleição deveria estar bem afinada.

Um dos argumentos de quem critica a entrada de Lindbergh na disputa é o isolamento do partido no estado. O senador, avalia um colega de partido, menosprezou demais o poder da máquina em favor dos peemedebistas.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 13 de fevereiro de 2014 Eleições | 10:30

‘Vão me deixar chupando o dedo feito um garotinho?’, diz Garotinho sobre apoio do PT

Compartilhe: Twitter
Anthony Garotinho

Anthony Garotinho

Pré-candidato do PR ao governo fluminense, o deputado Anthony Garotinho classificou como bom o encontro que teve com o presidente do PT, deputado estadual paulista Rui Falcão.

Entretanto, falou que pouco andou na perspectiva de apoio do PT para a formação de alianças do PR no Rio de Janeiro. Garotinho tem cobrado do PT alguma ajuda na articulação de alianças e reclama que o PT pede um palanque para Dilma Rousseff (PT), mas não faz nenhum gesto.

“Eles querem o quê? Vão me deixar chupando o dedo feito um garotinho”, disse o deputado.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014 Congresso | 14:21

Deputados do Rio articulam ações com estudantes de instituições descredenciadas

Compartilhe: Twitter

A bancada fluminense da Câmara dos Deputados esteve reunida há pouco com estudantes da Gama Filho, da UniverCidade e a UNE para tratar da situação dos estudantes em relação ao descredenciamento das duas instituições.

Durante o encontro, chegou-se a cogitar a convocação de Adenor Gonçalves, da Galileo Educacional, para que o empresário fale sobre a dívida acumulada.

A possibilidade acabou não indo adiante e ao final do encontro ficaram acertadas três linha de ação: buscar apoio da presidente Dilma Rousseff sobre a intervenção do MEC nas duas instituições, a federalização do CEFET para que a instituição possa eventualmente absorver os estudantes das duas instituições e a possibilidade de aprovar o INSAES (Instituto Nacional de Supervisão e Avaliação da Educação Superior) através de Medida Provisória.

A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) deve buscar o apoio do presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), para contribuir com a aproximação com Dilma.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 11 de fevereiro de 2014 Eleições | 18:48

Garotinho terá encontro com presidente do PT para tratar de palanque de Dilma no Rio

Compartilhe: Twitter
Anthony Garotinho (Foto: Gustavo Lima/Agência Câmara)

Anthony Garotinho (Foto: Gustavo Lima/Agência Câmara)

O deputado Anthony Garotinho (PR-RJ), pré-candidato ao governo fluminense, tem encontro marcado com o presidente do PT, deputado estadual Rui Falcão (SP).

No encontro, que será realizado às 16h na sala da liderança do PR na Câmara, os dois discutirão a questão do palanque para Dilma Rousseff (PT) no Rio de Janeiro. O PR ainda não fechou questão em relação a esse tema.

Garotinho diz que o partido só definirá posição sobre o tema em maio, mas afirma que existe uma certa tendência pela neutralidade.

“O melhor é: gosto do Aécio (Neves), mas meu governador é o Garotinho, gosto da Dilma, mas meu governador é o Garotinho, gosto do Eduardo (Campos), mas meu governador é Garotinho”, disse o pré-candidato do PR.

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 10 de fevereiro de 2014 Eleições | 10:30

Romário pensa no Senado, mas não desiste da Prefeitura do Rio em 2018

Compartilhe: Twitter
O deputado Romário (PSB-RJ)

O deputado Romário (PSB-RJ)

Correligionários de Romário na Câmara dos Deputados acreditam que uma eventual candidatura do ex-jogador ao Senado não atrapalharia os planos dele para disputar a Prefeitura do Rio de Janeiro, em 2016.

Leia também: Romário ficará de olho numa vaga de senador

Se fosse eleito, Romário teria de deixar provisoriamente a cadeira e voltar a pedir votos ao eleitor carioca com menos de um ano e meio de um mandato de oito anos cumprido.

A solução seria simples, segundo aliados. Bastaria ao baixinho escolher a dedo os seus suplentes, do PSB, claro, para não enfrentar a rejeição do eleitorado carioca.

Autor: Tags: , , ,

quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014 Eleições | 08:00

Falta de palanque para Campos no Rio afasta PSB dos grandes

Compartilhe: Twitter
Julio Delgado

Júlio Delgado (foto: divulgação)

O PSB continua longe de uma definição sobre sua situação no Rio de Janeiro. Um dos principais motivos é que os socialistas não abrem mão de um palanque local para Eduardo Campos na corrida nacional.

Leia também: PT pernambucano pede à direção nacional que enquadre filiados ligados a Eduardo Campos

O problema é que ninguém oferece isso ao PSB. Luiz Fernando Pezão (PMDB) , Anthony Garotinho (PR) e Lindbergh Farias (PT) deverão fazer campanha para Dilma Rousseff (PT).

“Qualquer aliança, em qualquer estado, estará comprometida se não tiver um palanque assegurado para o Eduardo (Campos) e para a Marina (Silva). A prioridade é o palanque nacional”, diz o deputado Júlio Delgado (PSB-MG).

O PSB vem flertando a possibilidade de aliança com o PV carioca.

Autor: Tags: , , , , , , ,

terça-feira, 28 de janeiro de 2014 Eleições | 07:30

José de Abreu abandona definitivamente planos de candidatura

Compartilhe: Twitter
José de Abreu, em campanha de filiação do PT

José de Abreu, em campanha de filiação do PT

Mesmo com o apoio pessoal do ex-presidente Lula e da presidente Dilma Rousseff, dois entusiastas da ideia, o ator José de Abreu desistiu de sua candidatura a deputado federal. “Acho melhor ficar onde estou”, resumiu o ator. “É mais útil ficar onde estou. Até aprender o regimento da Câmara, serei só mais um lá”

Ele admite também que pesou na decisão a retomada na carreira, iniciada desde que interpretou o personagem Nilo, na novela Avenida Brasil.

“Se eu for eleito, ficarei quatro anos sem poder atuar”, afirma ele, que diz ainda que familiares e amigos o aconselharam a desistir da empreitada eleitoral.

O PT do Rio de Janeiro andavam bem animado com a possibilidade de Abreu disputar uma vaga na Câmara e assim funcionar como puxador de votos do partido.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014 Cidades | 08:00

Picciani assumirá a presidência do PMDB carioca

Compartilhe: Twitter

O vice-líder do PMDB na Câmara dos Deputados, Leonardo Picciani (RJ), assumirá o comando do PMDB carioca.

Leia também: Picciani se empenha por Pezão de olho em candidatura a prefeito

O cargo é ocupado atualmente por Carlos Alberto Muniz, que deverá assumir a tesouraria do diretório estadual do PMDB do Rio de Janeiro.

Perguntado se a mudança já é um indicativo dos planos eleitorais de 2016, Picciani negou a relação. “Não estamos cuidando disso (2016). Está muito longe isso, é outra história”, disse o deputado.

Picciani afirma que a dança de cadeira visa a preparação da campanha de Luiz Fernando Pezão ao governo fluminense.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 7 de janeiro de 2014 Estados | 11:00

Picciani se empenha por Pezão de olho em candidatura a prefeito

Compartilhe: Twitter

O secretário-adjunto do PMDB fluminense, deputado federal Leonardo Picciani, articula a candidatura de Luiz Fernando Pezão ao governo do estado do Rio de Janeiro de olho em 2016.

Picciani tem dito a aliados que quer se cacifar para a disputa da prefeitura do Rio de Janeiro em 2016 pelo PMDB.

Autor: Tags: , ,

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013 Eleições | 09:00

PMDB do Rio acredita que rejeição a Cabral não contaminará Pezão

Compartilhe: Twitter

O PMDB do Rio de Janeiro trabalha com certo otimismo quanto a abordagem que terá de usar para evitar que a rejeição ao governador Sergio Cabral contamine seu sucessor, Luiz Fernando Pezão, atual vice-governador.

Nos bastidores, o partido se apoia em pesquisas internas para argumentar que a rejeição a Sergio Cabral (PMDB) é algo muito focado na figura do governador, não contamina o PMDB e, portanto, não deve ser o maior dos problemas para Pezão.

Autor: Tags: , , , ,

  1. Primeira
  2. 3
  3. 4
  4. 5
  5. 6
  6. 7
  7. 10
  8. 20
  9. Última