Publicidade

Posts com a Tag Rui Falcão

terça-feira, 1 de dezembro de 2015 Política | 17:35

Rui Falcão espera voto contra Cunha de deputados petistas no Conselho de Ética

Compartilhe: Twitter
O presidente do PT, Rui Falcão (Foto: Divulgação)

O presidente do PT, Rui Falcão (Foto: Divulgação)

Diante da expectativa em relação ao voto dos três deputados petistas no Conselho de Ética da Câmara, que julga nesta terça-feira (1), a abertura de processo contra o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), o presidente nacional do PT, Rui Falcão, expressou sua opinião contra o peemedebista.

No twitter, Falcão disse:”confio que nossos deputados no Conselho de Ética votem pela admissibilidade”.

O foco em relação do voto dos deputados Leo de Brito (AC), Valmir Prascidelli (SP) e Zé Geraldo (PA) foi lançado pelo próprio Cunha, que tem dado sinal da expectativa nos bastidores.

A depender do posicionamento dos petistas, Cunha ameaça colocar em tramitação um dos pedidos de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

 

 

 

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 1 de setembro de 2015 Partidos | 14:58

Presidente do PT participará de frente contra política econômica

Compartilhe: Twitter

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, participará no próximo sábado (5), em Belo Horizonte, do encontro de movimentos sociais com objetivo de criação de uma frente política que tem, entre suas convicções, uma crítica forte em relação a condução da política econômica do governo.

Puxam a frente, entidades como a Central de Movimentos Populares, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST ), a União Nacional dos Estudantes (UNE), a Central Única dos Trabalhadores (CUT) e a Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB).

Autor: Tags: , , , , ,

sábado, 13 de junho de 2015 Brasil, Partidos, Política | 15:40

Por consenso, PT faz defesa de Vaccari, preso na Lava Jato

Compartilhe: Twitter

O PT aprovou por consenso a defesa de seu ex-tesoureiro João Vaccari Neto, preso, desde o mês de abril, devido a suspeita de envolvimento na Operação Lava Jato, que investiga o esquema de propina instaurado na Petrobras.

Ao final do 5º Congresso do partido, o presidente da legenda, Rui Falcão, disse que sua prisão faz parte da tentativa de criminalizar o partido. “O Vaccari não é culpado. Ele nunca levou dinheiro do partido e está sendo preso injustamente. Há uma tentativa de crimilizar o partido e sua prisão faz parte disso. O que ele fez foi exatamente a sua função que é a de coletar recursos para o partido, via transação bancária, declaradas a Justiça Eleitoral”, defendeu.

Autor: Tags: , , ,

Brasil, Congresso, Eleições, Governo, Partidos, Política | 15:18

Rompimento com o PMDB desestabilizaria governo Dilma, avalia Rui Falcão

Compartilhe: Twitter

Ao fim do 5º Congresso do PT, o presidente do partido, Rui Falcão, avaliou que o rompimento com o PMDB poderia desestabilizar ainda mais o governo da presidente Dilma Rousseff. A proposta apresentada pela esquerda do partido foi derrotada pelos delegados da corrente majoritária na manhã deste sábado (13), em Salvador (BA).

“É evidente que há no PT manifestações. A gente não esconde. Agora não há nenhuma condição, nenhum propósito de romper aliança no Congresso nacional com os parceiros que integraram a nossa coligação”, disse o presidente do PT.

Para Falcão, os problemas com o PMDB e com outros partidos da base devem ser resolvidos na negociação política. “Isso requer conversa, negociação política e não, simplesmente, um rompimento unilateral que, tal a conjuntura que vivemos hoje, poderia levar uma desestabilização do nosso governo”, disse Rui Falcão ao final do encontro do partido.

“O trabalho de costura das lideranças, da presidente, e nós mesmos, no diálogo com os outros partidos, é procurar o de dar estabilidade e governabilidade à nossa presidente, para o nosso governo”.

Apesar dos problemas com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que vem imprimindo constrangimentos ao governo e ao PT desde sua posse no cargo, Falcão aconselhou a manutenção da aliança.

“O Congresso Nacional é o que o povo elegeu. Trata-se de um Congresso contraditório, agora com mais participação de representantes do conservadorismo. Mas é o Congresso que é um Poder constituído. Nós temos nos relacionar com ele. É evidente que há contradições dentro da base aliada, não só com o PMDB”, reconheceu.

“Neste processo há contradições, há oposições. a principal delas é que tem oposto um setor grande do Congresso a um tipo de governança que imprime o presidente da Câmara, como se viu agora, neste episódio da votação do financiamento empresarial”, avaliou.

 

 

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 26 de maio de 2015 Política | 12:59

Raupp encerra giro com dirigentes em busca de apoio contra o “distritão”

Compartilhe: Twitter
O senador Valdir Raupp (PMDB-RO).

O senador Valdir Raupp (PMDB-RO)

O senador Valdir Raupp (PMDB-RO) deve encerrar hoje sua rodada de conversas com dirigentes partidários em busca de apoio para combater a aprovação do distritão, previsto na votação da reforma política.

O distritão, defendido por correligionários de peso de Raupp, como o presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (RJ), e o vice-presidente da República, Michel Temer, transforma a eleição de deputados em disputa igual a que ocorre hoje por cadeiras no Senado. Acaba a proporcionalidade, institui uma disputa de todos contra todos e são eleitos os mais votados.

Ontem, Raupp esteve com o o presidente do PT, Rui Falcão, e hoje encontra-se com o Ministro das Cidades, Gilberto Kassab (PSD).

Ele já esteve com o presidente Nacional do DEM, José Agripino, e com o presidente do PSDB, Aécio Neves.

A votação da reforma política começa hoje na Câmara.

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 18 de março de 2015 Partidos | 07:00

Cúpula do PT ficou fora da festa de Marta Suplicy

Compartilhe: Twitter
Marta em caravana do PT (Foto: Divulgação/Elisabete Alves)

Marta em caravana do PT (Foto: Divulgação/Elisabete Alves)

Marta Suplicy não só convidou vários integrantes da cúpula do PSB para sua festa de aniversário, marcada para a próxima sexta-feira, como cortou da lista a cúpula do PT.

Nem o presidente do partido, Rui Falcão, que já foi seu secretário e comandou uma de suas campanhas, foi convidado.

Mais um motivo para alimentar a tese de que ela possa anunciar ali mesmo, no auge da comemoração que programou junto com o marido Márcio Toledo, sua decisão de trocar de legenda.

 

Autor: Tags: , ,

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015 Congresso | 19:02

PT aciona Rui Falcão para derrubar PEC de Vaccarezza sobre reforma política

Compartilhe: Twitter
O presidente do PT, Rui Falcão (Foto: Divulgação)

O presidente do PT, Rui Falcão (Foto: Divulgação)

O líder do PT na Câmara, Sibá Machado (AC), acionou o presidente nacional do partido para ajudar a traçar uma estratégia de enfrentamento à proposta de reforma política encampada pelo PMDB.

Nesta quarta-feira de manhã, Rui Falcão se reunirá com os deputados petistas designados para acompanhar a comissão especial instalada para debater o tema. Passada a primeira reunião da comissão, a avaliação da bancada é de que o cenário está bem complicado, sobretudo pela condução dos trabalhos pelos deputados Rodrigo Maia (DEM-RJ), sob relatoria de Marcelo Castro (PMDB-PI).

Sob a coordenação de Cândido Vaccarezza (PT-SP), a PEC 352/2013 foi elaborada pelo grupo de trabalho da reforma política instalado em 2013. Na época, o petista foi indicado pelo então presidente da Casa, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), contra a vontade do PT.

Leia também: OAB e CNBB fazem ato contra reforma política do PMDB

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015 Congresso | 20:33

PT escala time para Comissão da Reforma Política

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Henrique Fontana (PT-RS). Foto: Divulgação

O deputado federal Henrique Fontana (PT-RS). Foto: Divulgação

O PT definiu, nesta tarde, o nome dos deputados que representarão a sigla na Comissão Especial criada para discutir a PEC 352/2013 e diversos outros projetos sobre reforma política.

Foram escalados para titulares os deputados Henrique Fontana (RS), Carlos Zarattini (SP), Rubens Otoni (GO) e Moema Gramacho (BA). Na suplência, ficam Padre João (MG), Odorico Monteiro (CE), Zé Carlos (MA) e Margarida Salomão (MG).

Recentemente, o presidente nacional do PT, Rui Falcão (SP), avisou à bancada que o partido expulsaria aqueles que votassem a favor da proposta de reforma política defendida pela PEC 352/2013 e pelo presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

Leia também: ‘Este será um momento de ouvir as bases do PT’, diz Rui Falcão

 

Autor: Tags: , , , , , , , , , , ,

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015 Partidos | 09:00

‘Este será um momento de ouvir as bases do PT’, diz Rui Falcão

Compartilhe: Twitter
Rui Falcão (Foto: Divulgação)

Rui Falcão (Foto: Divulgação)

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, diz que o momento é de aproximar o partido de sua militância. Diante do agravamento das denúncias da Operação Lava Jato, a legenda realiza hoje um ato em comemoração aos seus 35 anos, em Belo Horizonte, em que são esperados a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, além dos principais líderes do partido.

“Este será um momento de ouvir as bases do PT, que são a razão do partido de existir”, afirma o dirigente, em referência ao encontro desta sexta-feira. Na ocasião, haverá  reunião do diretório nacional, que fará uma análise da conjuntura nacional, na qual está prevista uma ampla defesa do governo e da Petrobras.

O encontro também servirá para preparar as bases do próximo congresso do PT, instância que dá a linha estratégica a ser seguida pelo partido nos próximos anos. Segundo Rui, a ideia é abrir as discussões para a participação da militância por todos os meios possíveis, seja com a presença física ou por meio da internet.

Leia mais: Com Lula e Dilma, PT intensifica defesa do governo diante da crise na Petrobras

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 30 de dezembro de 2014 Governo | 19:02

Rui Falcão desautoriza nota petista que pede saída de Ideli Salvatti

Compartilhe: Twitter

O presidente nacional do PT, Rui Falcão, desautorizou o Setorial Nacional de Direitos Humanos do partido, que divulgou nota terça-feira, em que pede a substituição da ministra da área, Ideli Salvatti.

Ao Poder Online, Falcão disse que o comando partidário não endossa a nota e reforçou que a escolha de ministros é atribuição exclusiva da presidente Dilma Rousseff. “Quem fala pelo PT é a presidência do PT, assim como quem escolhe o ministério é a presidente”, disse Falcão.

A nota divulgada nesta terça-feira, por meio das redes sociais, afirma que o governo precisa avançar nas políticas de ações afirmativas na Secretaria de Direitos Humanos da Presidência. “O governo Dilma está sendo atacado por colocar ministros completamente estranhos às suas pastas, manter a atual ministra na pasta de Direitos Humanos seria corroborar com isso”, diz a nota. Confira a íntegra do documento:

Secretaria Nacional de Direitos Humanos do PT
NOTA PELA TROCA DE COMANDO NA SECRETARIA DE DIREITOS HUMANOS DO GOVERNO DILMA.

O Setorial Nacional de Direitos Humanos do Partido dos Trabalhadores entende ser necessário avançar nas políticas de ações afirmativas na Secretaria de Direitos Humanos da presidência da república.

Assim, diante do atual momento que setores conservadores da classe média e da elite brasileira começaram usar a entidade familiar (na concepção deles), para defenderem suas idéias e retroagirmos nas conquistas sociais e humanitárias.

Neste sentido, é fundamental darmos uma sinalização à esquerda e colocar quadro da área na SDH. O governo Dilma está sendo atacado por colocar ministros completamente estranhos às suas pastas, manter a atual ministra na pasta de Direitos Humanos seria corroborar com isso.

A SDH sempre se caracterizou por ser a pasta dos Governos Petistas mais próximas dos Movimentos Sociais e com um caráter essencialmente petista. Depois de termos figuras diretamente ligada aos Direitos Humanos como Nilmário Miranda, Paulo Vannuchi e Maria do Rosário, colocar alguém não caracterizado com a militância em Direitos Humanos, fez com que nenhuma política específica da pasta avançasse.

Ficando a SDH com o Partido dos Trabalhadores, há um entendimento que a Ministra deu a sua contribuição, mas é necessária para qualificação da SDH à nomeação de algum petista ligado a área dos Diretos Humanos.

Setorial Nacional de Direitos Humanos do PT

Autor: Tags: , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. 4
  6. 5
  7. 10
  8. Última