Publicidade

Posts com a Tag Sabesp

sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015 Congresso | 10:30

‘A crise hídrica nos pegou de surpresa’, diz petista que defende CPI da Água

Compartilhe: Twitter

Recém-chegado à Câmara, o deputado federal Odorico Monteiro (PT-CE) é um dos que têm se empenhado para a instalação de uma CPI da Água. De acordo com o petista, mais de 100 assinaturas já foram recolhidas, inclusive entre parlamentares de oposição.

Leia também: CPI da crise hídrica seria ‘forçação de barra’, diz Sarney Filho

“Não se trata de fazer uma CPI para buscar um culpado A, B ou C. Mas se trata de a Casa entender, a partir de uma Comissão Parlamentar de Inquérito, a situação de crise hídrica que estamos vivendo neste momento”, diz Monteiro. “A crise de São Paulo e a crise do país como um todo nos pegou de surpresa e nós precisamos entender porque as instituições foram pegas de surpresa”, completa.

Assista:

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 15 de janeiro de 2015 Estados | 19:30

‘Alckmin mentiu para a população’, diz Ivan Valente

Compartilhe: Twitter
O líder do PSOL na Câmara, Ivan Valente. (Foto: Divulgação)

O líder do PSOL na Câmara, Ivan Valente. (Foto: Divulgação)

O primeiro anúncio público do governador Geraldo Alckmin (PSDB-SP) de que o estado de São Paulo enfrenta racionamento de água era tudo o que a oposição queria para aumentar as críticas aos tucanos.

O líder do PSOL na Câmara, Ivan Valente (SP), tem sido um dos mais enfáticos e criou até mesmo uma hashtag para as redes sociais, com o slogan “São Pedro é Inocente”.

“Alckmin mentiu para a população e essa crise pode virar uma questão de calamidade pública. Em março, os reservatórios podem secar. Tão pedindo para que economizem água, mas isso é insuficiente. Faltou planejamento estratégico, uma política florestal que enfrentasse o agronegócio… agora não adianta culpar São Pedro”, diz o deputado federal.

Leia também: Alckmin prepara agenda positiva contra repercussão do racionamento

Autor: Tags: , , , , , , ,

quarta-feira, 19 de março de 2014 Política | 15:46

Projeto para aumentar oferta de água para SP levará 15 meses para ser finalizado

Compartilhe: Twitter
Geraldo Alckmin (Foto: Divulgação)

Geraldo Alckmin (Foto: Divulgação)

O projeto que propõe trazer água do rio Paraíba do Sul para o Sistema Cantareira, apresentado pelo governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), à presidente Dilma Rousseff ontem em Brasília, ainda está em fase de elaboração, mas já se sabe que as obras devem durar cerca de 15 meses.

Leia também: Apesar de recorde negativo em reservatório, Alckmin não admite racionamento

Ou seja, a medida para qual o governador pediu ajuda da presidente para que a Agência Nacional de Águas (ANA) autorize o bombeamento – já que o rio é interestadual – não amenizará a estiagem que ameaça atualmente o racionamento de água em São Paulo.

Segundo o governo, a intenção é dar uma solução definitiva ao problema do Sistema Cantareira. A obra – que deve receber autorização do governo federal – pode custar cerca de R$ 90 milhões e será arcada pelo estado.

Enquanto isso, a Sabesp vai explorar os cerca de 400 milhões de metros cúbicos armazenados nos fundos do reservatórios. A previsão é de que essas obras terminem em maio.

Autor: Tags: , , , , , ,

segunda-feira, 18 de julho de 2011 Estados | 17:32

De olho nas eleições, Alckmin e Vilela acertam parcerias

Compartilhe: Twitter

Teotônio Vilela e Alckmin (Foto: José Luiz da Conceição/Divulgação)

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, recebeu na manhã de hoje em seu gabinete no Palácio dos Bandeirantes o governador de Alagoas, Teotônio Vilela, para tratar de novas parcerias entre os estados.

Durante a reunião, ficou acertada a renovação de convênio firmado entre a companhia de saneamento básico de Alagoas (Casal) e a de São Paulo (Sabesp), que desenvolve programas para reduzir o desperdício de água.

Além disso, Vilela quer levar para Alagoas o programa Cidade Legal, criado em 2007 pelo governo paulista para regularizar moradias.

O objetivo é afinar programas e discursos de governos tucanos para servir de mote às campanhas eleitorais do partido em 2012 e 2014.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

terça-feira, 15 de março de 2011 Estados | 17:46

Gesner deixa herança positiva na Sabesp

Compartilhe: Twitter

A divulgação da lista de empresas com o maior número de reclamações no Procon é uma espécie de troféu para a gestão do ex-presidente da Sabesp, Gesner Oliveira – serrista de carteirinha.

A estatal saiu da lista negra do Procon, segundo dados divulgados hoje, dia do consumidor. Está fora dos primeiros 50 lugares do ranking das empresas com o maior número de reclamações.

Em 2009, a Sabesp estava na 45ª colocação, com 98 casos. No ano passado, apenas 49 consumidores xingaram a empresa por meio do Procon.

Como se sabe, o governador Geraldo Alckmin substituiu Gesner Oliveira por Dilma Pena, ex-secretária de Saneamento e Energia.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 28 de janeiro de 2011 Estados | 07:06

Goldman ganha vagas nos conselhos do Metrô e da Sabesp

Compartilhe: Twitter

Alberto Goldman (Foto: Epitácio Pessoa/AE)

O ex-governador Alberto Goldman confirmou ao Poder Online que ocupará, logo depois do carnaval, vagas nos conselhos da Sabesp e da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô).

Goldman, que chegou a ser procurado pelo prefeito Gilberto Kassab (DEM), decidiu não aceitar o convite para integrar a administração municipal. Diz que não quer cargos no Executivo, neste momento.

Em 2010, cada um dos 13 membros do conselho da Sabesp recebeu, em média, R$ 4.500 por mês e mais um bônus anual de cerca de R$ 21 mil.

No Mêtro de São Paulo, o salário de um conselheiro é de R$ 6 mil.

Autor: Tags: , , , , ,

terça-feira, 18 de janeiro de 2011 Estados | 09:22

Alckmin teve dificuldade para escolher presidente da Sabesp

Compartilhe: Twitter

A escolha da ex-secretária de Energia, Dilma Pena, para a presidência da Sabesp pelo governador Geraldo Alckmin guarda pouca relação com uma vontade do tucano em agradar os serristas.

Foi mais por uma falta de opção. O nome preferido de Alckmin era Dalmo Nogueira, que comandou a empresa gigante em seu mandato anterior.

Mas Nogueira recusou duas vezes o convite de Alckmin.

Autor: Tags: , , ,

terça-feira, 4 de janeiro de 2011 Estados | 09:02

A “nanopolítica” do PV e a Sabesp

Compartilhe: Twitter

Apesar de levar a Secretaria Estadual de Saneamento com a Sabesp, o PV terá pouca – para não dizer nenhuma – influência sobre a escolha do novo presidente da empresa.

O governador Geraldo Alckmin já deixou isso claro em conversa com os verdes. E alguns tucanos registram que Dalmo Nogueira, que presidiu a Sabesp na gestão anterior de Alckmin, ainda está sem cargo.

Pelo visto, o PV paulista terá que se contentar mesmo com a nanopolítica.

Autor: Tags: , , , , ,

quarta-feira, 19 de maio de 2010 Eleições | 12:04

Gesner fica na Sabesp

Compartilhe: Twitter

Um dos principais coordenadores do programa de governo de José Serra, o economista Gesner Oliveira, por enquanto, não tem data para trocar a sede da Sabesp no bairro de Pinheiros pelo comitê eleitoral tucano na Vila Olimpia.

Presidente da estatal, Gesner só deve sair lá para julho.  Se sair.

(Jorge Felix)

Autor: Tags: , , ,