Publicidade

Posts com a Tag Samuel Moreira

quarta-feira, 27 de novembro de 2013 Governo | 07:00

Até tucanos reclamam da prioridade dada a projetos de Alckmin na Assembleia de SP

Compartilhe: Twitter
O presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, Samuel Moreira (PSDB-SP), está tendo que encarar as queixas de sua própria bancada.

Os tucanos, assim como todas as outras bancadas, andam reclamando da falta de espaço para a discussão de projetos dos parlamentares, em benefícios de propostas encaminhadas pelo governador Geraldo Alckmin.

A última reunião de líderes da Casa teve duas horas de bate-boca, nas quais apenas Moreira e o líder do governo na Assembleia, deputado Barros Munhoz (PSDB), não se manifestaram.

Os deputados querem que, na sessão desta quarta-feira, 22 projetos de parlamentares sejam votados. Para isso, concordaram em discutir antes três propostas de Alckmin.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 18 de outubro de 2013 Política | 10:00

Presidente da Fundação Padre Anchieta pede ajuda para deputados

Compartilhe: Twitter

O presidente da Fundação Anchieta -gestora da TV Cultura-, Marcos Mendonça, se reuniu com o presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), e com o deputado João Paulo Rillo (PT-SP), presidente da Comissão de Educação e Cultura da Casa, para discutir os problemas financeiros da instituição e a necessidade de investimentos estruturais.

Os deputados vão analisar a possibilidade de destinar recursos para a TV Cultura por meio de emenda da Comissão da Cultura da Assembleia. Mendonça irá participar de uma reunião da comissão para expor a situação da TV para os demais parlamentares e tentar sensibilizá-los para que haja um orçamento maior para a instituição no ano que vem.

 

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 16 de setembro de 2013 Política | 07:30

Presidente da Assembleia de SP cria mais três CPIs; caso Siemens fica de fora

Compartilhe: Twitter

O presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), definiu a composição de três novas Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) na Casa: desaparecimento de pessoas -proposta por José Bittencourt (PSD)-, violência contra mulher -de Fernando Capez (PSDB)- e regularidade dos serviços da Eletropaulo -de Vanessa Damo (PMDB).

Essas comissões substituem as CPIs da pesca predatória, das empresas de telemarketing e da gordura trans, que foram extintas sem apresentação de um relatório final. O regimento interno da Casa determina que apenas cinco comissões funcionem simultaneamente. As outras duas CPIs que ainda tramitam investigam suposta formação de cartel no mercado de autopeças e possíveis abusos das empresas operadoras de panos de saúde, que está com as atividades suspensas por liminar judicial.

A CPI sobre caso Siemens, defendida pela bancada do PT, ficou de fora. Agora, para a instalação de uma sexta CPI, segundo o regimento da Casa, será preciso a assinatura de 48 dos 94 deputados. O PT conseguiu apenas 27 até agora.

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 26 de julho de 2013 Política | 07:00

Assembleia de SP convoca reunião para discutir liminar obtida por Afif

Compartilhe: Twitter

A Procuradoria da Assembleia de São Paulo vai se reunir nesta sexta-feira (25) com o presidente da Casa, deputado Samuel Moreira (PSDB), e com o deputado Carlos Giannazi (PSOL) para discutir a liminar concedida pelo presidente em exercício do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski.

Lewandowski suspendeu, na quinta-feira (25), o processo de cassação aberto na Assembleia, a pedido de Giannazi, contra o vice-governador e ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa da Presidência da República, Guilherme Afif Domingos (PSD).

“Há um erro na decisão do STF e na argumentação do Afif. Ele diz que a Assembleia distorceu o meu pedido e transformou em outro. Meu meu requerimento tinha duas teses, uma era sobre o crime de responsabilidade e a segunda era perda de mandato. Só essa da perda de mandato foi acatada depois que o crime de responsabilidade foi descartado”, afirmou Giannazi.

Leia também: Afif aciona Supremo para manter cargo de vice-governador de São Paulo

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 9 de maio de 2013 Política | 15:09

Assembleia de SP monta comissão para acompanhar debate sobre ICMS

Compartilhe: Twitter

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Samuel Moreira (PSDB), formou uma comissão que irá acompanhar a tramitação no Congresso Nacional do projeto que altera as normas para a cobrança do principal tributo estadual, o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Os deputados Celso Giglio (PSDB), Mauro Bragato (PSDB), Regina Gonçalves (PV), Alex Manente (PPS), Barros Munhoz (PSDB), Itamar Borges (PMDB) e Luiz Claudio Marcolino (PT) irão participar das reuniões em Brasília sobre o assunto e serão responsáveis por levar um manifesto institucional da Assembleia sobre a posição do Estado de São Paulo caso a lei seja sancionada com o texto aprovado pela Comissão de Assuntos Econômicos do Senado na terça-feira (7).

Para os deputados estaduais, as novas regras trarão grandes prejuízos para os Estados industrializados. O que mais preocupa é a alíquota de 12% nas transações interestaduais para os bens produzidos na zona franca de Manaus.

Leia também: Governo deve aumentar fundos para unificar ICMS

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 8 de maio de 2013 Política | 10:30

Protesto sobre auxilílio-creche foi precipitado, diz presidente da Assembleia de SP

Compartilhe: Twitter

O presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, deputado Samuel Moreira (PSDB), afirmou que o protesto das mães contra a possibilidade de fechamento da creche da Casa foi precipitado. As mães que possuem filhos na unidade que funciona na sede do parlamento paulista promoveram um “abraço” no local ontem e depois foram ao plenário durante a sessão para protestar.

Moreira afirmou que um inquérito civil aberto pelo Ministério Público para apurar denúncias sobre a contratação irregular de funcionários na creche da Assembleia motivou a realização de estudos, ainda em andamento, sobre a creche e que o parecer final será discutido com os parlamentares.

O presidente também informou que dados preliminares do estudo apontam que o custo mensal da creche é de R$ 295.801,36 (R$ 3,5 milhões por ano), o que representa um valor mensal de R$ 5.378,22 para cada uma das 55 crianças atendidas hoje pela creche.

Leia também: Assembleia de SP estuda fechar creche e criar auxílio de R$ 1,2 mil

Autor: Tags: , ,

sexta-feira, 3 de maio de 2013 Política | 11:30

Assembleia de SP vai esperar para votar emenda sobre poder do Ministério Público

Compartilhe: Twitter

Para evitar ainda mais polêmicas, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que reduz o poder do Ministério Público, de autoria do deputado estadual Campos Machado (PTB), só será votada pela Assembleia Legislativa de São Paulo após a PEC 37, do deputado federal e delegado de polícia Lourival Mendes (PTdoB-MA), ser analisada pela Câmara.

O presidente da Assembleia, deputado Samuel Moreira (PSDB), designou nesta semana o tucano Mauro Bragato para relatar o projeto. No entanto, o entendimento da Casa é que a tramitação do projeto não deslanche enquanto que o assunto não for decidido na esfera nacional, já que poucos deputados estaduais se posicionaram até agora sobre a PEC.

Leia mais: Grupo apresentará nova redação à PEC que tira poder do MP até 30 de maio

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 26 de abril de 2013 Estados | 15:19

Presidente da Alesp procurá método para rever vetos de Alckmin

Compartilhe: Twitter

Após reclamações dos deputados sobre o alto númerto de vetos de seus projetos, o presidente da Assembleia de São Paulo, Samuel Moreira (PSDB), disse que estudará um método de trabalho para a Casa.

Leia também: Alckmin barra 60% dos projetos dos deputados da Assembleia de São Paulo

Levantamento feito pelo iG mostra 664 projetos foram vetados desde 1997 até a segunda semana de abril. Desde que assumiu o Palácio dos Bandeirantes em 2011, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) foi responsável por vetar 103 propostas, número que representa 60% dos 172 projetos aprovados pelos deputados estaduais.

A bancada do PT apresentou ao colégio de líderes uma proposta para que os vetos sejam analisados e que a cada projeto do governador que se aprove, sejam aprovados quatro projetos de autoria dos deputados.

A proposta ganhou a simpatia de deputados de diversos partidos, inclusive de legendas da base de Alckmin como PV, PSB e PDT e do próprio PSDB.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 27 de março de 2013 Partidos | 09:00

PSDB elege líder do governo na Assembleia de SP; PT tem novo líder da bancada

Compartilhe: Twitter

O deputado tucano Barros Munhoz, ex-presidente da Assembleia Legislativa de São Paulo, é novo líder do governador Geraldo Alckmin (PSDB) na Casa.

Munhoz – que é da ala alckimista do partido – foi indicado dez dias após deixar a presidência da Assembleia, quando Samuel Moreira (PSDB) assumiu o cargo.

Também foi eleito o novo líder da bancada do PT na Assembleia. Sai Alencar Santana e assume Luiz Claudio Marcolino.

Marcolino quer priorizar pautas como a redução do ICMS, a descentralização do orçamento do Estado, a potencialização do desenvolvimento regional e o incentivo à participação popular nas discussões legislativas.

Autor: Tags: , , , , , ,

quinta-feira, 12 de julho de 2012 Eleições | 11:00

Líder tucano faz as contas e prevê disputa interna violenta no chapão de vereadores pró-Serra

Compartilhe: Twitter

O vereador Floriano Pesaro não esconde que acredita numa concorrência interna “violenta” dentro do chapão formado por PSDB, DEM, PR e PSD por uma vaga na Câmara Municipal de São Paulo na eleição deste ano.

Pesaro credita boa parte do acirramento da disputa não apenas pela quantidade de partidos e candidatos fortes na mesma chapa, mas também ao modelo eleitoral atual.

Segundo seus cálculos, com 40 mil votos poderá garantir sua reeleição e aposta que metade desses votos virão da comunidade judaica.

Para conseguir restante, o tucano deve reforçar seu diálogo com os setores de assistência social, cicloativistas, microempreendedores individuais e o segmento LGBT.

O líder do PSDB na Câmara Municipal diz apostar ainda em parcerias com deputados estaduais para alavancar sua candidatura em bairros da Zona Leste, a mais populosa da cidade.

Ele conta com Orlando Morando para dar uma força na Vila Prudente e Samuel Moreira ajudando em São Miguel.

Autor: Tags: , , , ,