Publicidade

Posts com a Tag Silvio Costa

quarta-feira, 7 de outubro de 2015 Brasil, Congresso, Governo, Partidos, Política | 20:14

Para Sílvio Costa, revolta na base é por “porteira fechada” nos ministérios

Compartilhe: Twitter

O deputado Sílvio Costa (PSC-PE) e um dos principais opositores do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) e avalia que a ausência de deputados da base para a sessão do Congresso, logo após a reforma, nada mais é do que mais pressão por cargos de segundo escalão.

Costa ainda acrescenta que a briga do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ) com o líder do PMDB, Eduardo Picciani (RJ) pode colocar toda articulação política a perder.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 20 de agosto de 2015 Brasil, Congresso, Justiça, Partidos, Política | 18:26

Para Sílvio Costa, só pressão popular tira Cunha da Presidência da Câmara

Compartilhe: Twitter

O deputado Sílvio Costa (PSC-PE) tem sido uma das vozes mais contestadoras da atuação do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), desde a posse de parlamentar no cargo. Após a denúncia, apresentada pelo procurador Geral da República, Rodrigo Janot, ao Supremo Tribunal Federal (STF), Costa se mostrou cético em relação a cassação do mandato de Cunha. O deputado disse não acreditar que pedidos de cassação prosperem na Câmara já que as instâncias de poder na Casa são controladas hoje pelo presidente.

“Isto que sestá acontecendo aqui não é nenhuma novidade, todo mudo sabia que ele ia ser denunciado . Sabiam dessas informações desde as eleições da Câmara”, disse o deputado.

“Se a gente colocar no Conselho de Ética, ele (Cunha) tem maioria. Se a gente colocar na Corregedoria, ele também tem maioria”, observou.

“Acho que a gente tem que começar um movimento de fora para dentro. A opinião pública tem que participar e dizer a ele que ele tem que sair.”

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 30 de junho de 2015 Congresso | 19:02

Líder do governo faz cálculos e estima 217 votos contra redução da maioridade

Compartilhe: Twitter

O líder do governo na Câmara dos Deputados, José Guimarães (PT-CE), está fazendo contas sem parar para saber se será possível impedir a aprovação da Proposta de Emenda à Constituição 171/93, que estabelece a redução da maioridade penal para 16 anos em casos de crimes hediondos, homicídio doloso, lesão corporal grave e lesão corporal seguida de morte.

Ao lado do deputado Darcísio Perondi (PMDB-RS), que é contrário à redução da maioridade, Guimarães rabisca um papel em que faz uma espécie de projeção de votos em cada uma das bancadas. Segundo os cálculos do líder, 217 deputados votarão contra a redução da maioridade penal.

Noves fora, se as contas de Guimarães estiverem corretas, a PEC 171/93 será derrotada. O quórum da sessão ainda não está próximo do máximo, de 513 deputados. Se realmente 217 votarem contra o texto, a PEC em tese poderia receber somente 296 votos. Para ser aprovada na Câmara, uma PEC precisa de no mínimo 308 votos.

Ainda assim, o líder continuou sua consulta entre os colegas e ao encontrar  Silvio Costa (PSC-PE), perguntou ao vice-líder do governo o que ele achava.

Costa disse que tudo depende do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). “O problema é o Cunha esperar o quórum melhorar. Com esse quórum, dá para ganhar, mas se ele ficar segurando até ter 500 deputados, aí acho que não dá”, opinou Costa.

A lista de Guimarães tem votos em todos os partidos, inclusive na oposição, como no DEM e no PSDB.

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 14 de abril de 2015 Congresso | 17:06

Marco Feliciano desfila com cinegrafistas na Câmara

Compartilhe: Twitter
Marco Feliciano (Foto: Alan Sampaio/iG Brasília)

Marco Feliciano (Foto: Alan Sampaio/iG Brasília)

Nesta terça-feira, o deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP) aproveitou o dia relativamente tranquilo para desfilar com uma equipe de cinegrafistas pela Câmara.

Entre outras coisas, o pastor colheu imagens fazendo um social com colegas deputados – inclusive com abraços e tapinhas nas costas de seu desafeto Silvio Costa (PSC-PE), a quem recentemente chamou de “ovelha negra do partido”.

Com o plenário esvaziado, Feliciano conseguiu até mesmo um aparte para falar a favor da redução da maioridade penal e incluir o discurso no vídeo produzido.

Autor: Tags: , ,

quarta-feira, 18 de março de 2015 Congresso | 12:44

‘Não tá na hora de fazer charminho com o governo’, diz Silvio Costa

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Silvio Costa (PSC-PE). Foto: Agência Senado

O deputado federal Silvio Costa (PSC-PE). Foto: Agência Senado

Escalado para vice-líder do governo a contragosto do próprio partido, o deputado federal Silvio Costa (PSC-PE) anda mais afinado com o Planalto do que muito parlamentar aliado.

No café da manhã realizado ontem entre o vice-presidente da República, Michel Temer, e líderes da base aliada, Costa foi enfático ao defender os ajustes fiscais. “Nós precisamos votar tudo e votar logo”, afirmou. “Não está na hora de fazer charminho com o governo”, aproveitou ainda para alfinetar.

Leia também: ‘Temos uma ovelha negra no partido’, diz Feliciano sobre Silvio Costa

Autor: Tags: , , , ,

segunda-feira, 2 de março de 2015 Congresso | 13:00

‘Temos uma ovelha negra no partido’, diz Feliciano sobre Silvio Costa

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Silvio Costa (PSC-PE). Foto: Agência Senado

O deputado federal Silvio Costa (PSC-PE). Foto: Agência Senado

A decisão de Silvio Costa (PSC-PE) em assumir a vice-liderança do governo na Câmara foi criticada em reunião da bancada do partido, na última semana. Uma fala do deputado federal e pastor Marco Feliciano (PSC-SP) sintetiza o clima: “Temos uma ovelha negra no partido.”

Bem humorado, entretanto, Feliciano relativiza a questão e evita falar em um pedido de expulsão. “Como nós somos cristãos, aprendemos a caminhar ao lado do próximo e a exercer a tolerância. Não sei se se trata de expulsão… Mas o partido vai ter de discutir suas posições. Isso ainda não foi declarado formalmente mas, hoje, nós estamos atuando na oposição ao governo. Como que vai funcionar essa relação?”, questiona.

Leia mais: Líder do PSC critica ida de Silvio Costa para vice-liderança do governo

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015 Partidos | 19:35

Líder do PSC critica ida de Silvio Costa para vice-liderança do governo

Compartilhe: Twitter
Líder do PSC na Câmara, André Moura (SE). Foto: Divulgação

Líder do PSC na Câmara, André Moura (SE). Foto: Divulgação

O líder do PSC na Câmara, André Moura (SE), criticou a indicação do correligionário Silvio Costa (PE) para assumir uma das dez vagas de vice-líder do governo na Câmara.

Em nota publicada hoje, Moura disse que a decisão do pernambucano “não reflete o posicionamento político decidido pela bancada federal e pela Executiva Nacional da sigla, que dela não coaduna e tampouco avaliza”.

Moura criticou, ainda, o fato de a decisão de Costa ter sido tomada sem consulta prévia ao partido e disse que ele deve “responder por sua decisão isolada”.

A indicação só aumentou o desgaste entre Costa e o PSC, causado pelo apoio do pernambucano à candidatura de Arlindo Chinaglia (PT-SP), na contramão de seu partido, que defendia o evangélico Eduardo Cunha (PMDB-RJ) na presidência da Câmara.

Autor: Tags: , , , , ,

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2015 Congresso | 12:01

Manoel Junior apostou sozinho, mas cobra a fatura

Compartilhe: Twitter
aG

Manoel Junior (PMDB-PB)

O deputado Manoel Junior (PMDB-PB) disse que se dispunha a dar todo seu salário de fevereiro ao colega Silvio Costa (PSC-PE), caso Arlindo Chinaglia (PT-SP) vencesse a disputa pela presidência da Câmara, como previa o pernambucano. E saiu da votação de ontem prometendo cobrar a conta: “Agora eu quero o salário de fevereiro dele”, disse o peemedebista.

Costa, que antes da eleição repetia que Eduardo Cunha (PMDB-RJ) deveria ter cuidado para não perder de Júlio Delgado (PSB-MG),  nem quis ouvir falar no assunto. “Se ele apostou, apostou sozinho. Eu não tenho nada a ver com isso”, disparou.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 30 de janeiro de 2015 Congresso | 06:00

Peemedebista diz que aposta o salário na vitória de Eduardo Cunha

Compartilhe: Twitter
Manoel Junior (PMDB-PB) (Foto: Agência Câmara)

Manoel Junior (PMDB-PB) (Foto: Agência Câmara)

O deputado Manoel Junior (PMDB-PB) se diz disposto a apostar o salário do mês de fevereiro com o colega Silvio Costa (PSC-PE). Isso em resposta à previsão feita pelo pernambucano em relação à eleição para a presidência da Câmara.

Eduardo Cunha, segundo Costa, começou a disputa “dizendo que teria 330 votos, passou para 270 e daqui para domingo chega em 150”. E emendou: “Vai ter que ter cuidado para não perder do Júlio Delgado”.

“Eu não sou um homem afortunado, mas se o Eduardo Cunha tiver menos de 310 votos e o candidato dele tiver mais de 150, eu pago qualquer aposta. Aposto até o meu salário de fevereiro”, diz o peemedebista.

Autor: Tags: , , , , ,

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015 Congresso | 10:30

‘Cunha tem que ter cuidado para não perder para Júlio Delgado’, ironiza Silvio Costa

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Silvio Costa (PSC-PE). Foto: Agência Senado

O deputado federal Silvio Costa (PSC-PE). Foto: Agência Senado

Eduardo Cunha (PMDB-RJ) dá como certos os 13 votos do PSC, mas o deputado Silvio Costa (PT-PE) ainda investe no discurso de que haverá endosso a Arlindo Chinaglia (PT-SP).

“Essa história de voto secreto é o paraíso do blefe. No meu partido, eu lhe asseguro que Arlindo Chinaglia terá cinco votos e o Eduardo Cunha, os outros oito”, diz Costa.

“O Eduardo começou falando que teria 330 votos, já baixou pra 270 e daqui pra domingo chega em 150. Vai ter que ter cuidado pra não perder do Júlio Delgado (PSB-MG)“, completa, em referência ao candidato socialista.

Autor: Tags: , , , , , , ,

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. 3
  5. Última