Publicidade

Posts com a Tag tempo de TV

quinta-feira, 31 de outubro de 2013 Congresso | 10:30

Dilma sanciona lei que acaba com portabilidade do tempo de TV e do fundo partidário

Compartilhe: Twitter

Foi publicada nesta quinta-feira a sanção da presidente Dilma Rousseff (PT) ao projeto do deputado Edinho Araújo (PMDB-SP) que acaba com a chamada portabilidade do tempo de TV e de verbas do fundo partidário.

Com isso, parlamentares que troquem de partido durante a legislatura, mesmo para novas legendas, não carregam mais consigo o seu equivalente em tempo de TV e fundo partidário para a nova sigla para a qual migrarem.

Como o 95% do dinheiro do fundo e 2/3 do tempo na propaganda partidária e  são distribuídos entre as siglas com base na composição da Câmara dos Deputados, quando trocavam de partido, os deputados alteravam a distribuição.

Isso não acontecerá mais porque essa distribuição passa a ser feita com base na votação que os partidos receberam na eleição para a Câmara, e não pela composição deles na Casa, o que torna mudanças partidárias inócuas a título de calculo de partilha.

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 22 de julho de 2013 Partidos | 11:00

PMDB regionaliza inserções na TV para reforçar candidaturas nos Estados

Compartilhe: Twitter

A executiva nacional do PMDB decidiu regionalizar os 10 minutos de inserções na televisão a que tem direito e que irão ao ar no mês de agosto para reforçar as candidaturas nos Estados.

As inserções variam em esquetes de 30 segundos e 1 minuto distribuídas ao longo da programação das TVs e serão apresentadas nos dias 10, 12, 13 e 17 de agosto.

A direção do PMDB já comunicou a alteração para o TSE.

Os diretórios estaduais terão a oportunidade de usar esse tempo para explorar a imagem dos pré-candidatos.

O programa partidário de 10 minutos seguirá a programação normal e será exibido em bloco único no dia 20 de agosto.

Autor: Tags: , ,

quinta-feira, 18 de julho de 2013 Congresso | 17:48

PMDB do Senado articula projeto para tirar tempo de TV e verbas de partidos sem deputados

Compartilhe: Twitter

Se Edinho Araújo (PMDB-SP) já provocou polêmica com sua proposta de tirar dos novos partidos o acesso ao fundo partidário e ao tempo de TV, o assunto promete esquentar ainda mais.

É que o PMDB do Senado tem articulado a proposição de projeto que restringiria ainda mais o acesso dos partidos nanicos e novas legendas ao tempo de TV e aos recursos do fundo partidário.

Hoje, 5% do fundo partidário é distribuído igualmente entre todos os partidos que tenham seus estatutos registrados no Tribunal Superior Eleitoral.

A proposta que anda sendo discutida pelo PMDB para ser apresentada no âmbito da reforma política é que somente partidos com representação na Câmara dos Deputados recebam as verbas e o tempo de TV.

Autor: Tags: , , , ,

terça-feira, 23 de abril de 2013 Congresso | 16:23

Edinho Araújo aposta em manutenção de texto que acaba com a transferência de tempo de TV

Compartilhe: Twitter

Pai de uma das mais polêmicas crias deste primeiro semestre no Congresso, Edinho Araújo (PMDB-SP) acredita que a votação desta tarde não deverá alterar a vigência imediata do PL 4470, que impede que parlamentares carreguem consigo tempo de TV e verbas do fundo partidário para novas legendas em caso de mudança de partido.

Partidos de oposição têm tentado modificar a data da vigência do projeto em prazos que variam de outubro de 2013, como quer o PSDB, a favereiro de 2015, como gostaria o PPS.

Autor: Tags: , , ,

sexta-feira, 18 de maio de 2012 Partidos | 18:00

Depois de ameaçar fundir-se ao PSB, o PSD agora aposta em vitória no TSE

Compartilhe: Twitter

Secretário-geral do PSD, o ex-deputado Saulo Queiroz diz ter “absoluta certeza” da vitoriosa, na semana que vem, quando o Tribunal Superior Eleitoral decide a ação em que a legenda cobra uma participação no Fundo Partidário proporcional à sua bancada na Câmara.

Se perder a ação, o PSD perde também a possibilidade de obter um tempo na propaganda eleitoral do rádio e da TV equivalente ao tamanho de sua bancada.

Antes, Saulo não estava tão otimista. Mas depois que  ameaçou com a fusão do partido ao PSB do governador de Pernambuco, Eduardo Campos, seu humor mudou completamente.

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 2 de abril de 2012 Eleições | 10:45

Tempo de TV do PSD pode tirar poder de barganha do DEM na coligação com tucanos

Compartilhe: Twitter

Com a virada do mês, o comando da pré-campanha de José Serra acompanha com muito interesse o julgamento que determinará se o PSD de Gilberto Kassab terá ou não tempo de TV.

O TSE deve analisar a causa nos próximos dias. O PSD demanda acesso ao fundo partidário e ao tempo de TV com base no tamanho de sua bancada na Câmara dos Deputados.

Só que alguns partidos, entre eles alguns que perderam quadros para o PSD, alegam que por não ter passado pelas urnas, já que o partido foi criado depois da última eleição, a legenda não teria direito nem a uma coisa nem a outra.

Mas a cúpula serrista avalia que se Kassab obtiver o tempo de TV ganhará mais peso na negociação da coligação, e isso passa pela possível vaga de vice na chapa de Serra, entre outras coisas.

Além do ganho imediato, o PSD tira relevância do DEM e permite aos serristas negociar em condições mais confortáveis com o partido de Rodrigo Garcia.

O DEM não teria muito o que exigir além do que já tem obtido. E nessa conta, entra a ação de Geraldo Alckmin para proteger do colapso o DEM em São Paulo quando da fundação do PSD.

Também pesa o apoio que os tucanos pretendem dar a ACM Neto em Salvador.

Sem parte do tempo de TV que perderia e com tudo que já está colocado, o DEM, pondera o comando serrista, não poderia exigir muito mais.

Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 30 de setembro de 2011 Partidos | 10:07

A cláusula pétrea dos partidos médios

Compartilhe: Twitter

Sobre a tentativa dos partidos médios na Câmara de construir uma proposta comum para a reforma política, o presidente nacional do PV, deputado José Luiz Penna (SP), afirmou que o principal ponto de convergência é em relação ao tempo de televisão:

— Todos concordam que esse tempo precisa ser redistribuído de acordo com o desempenho estadual. É a nossa cláusula pétrea, afinal, dinheiro vai embora. Mas tempo de TV não — disse ao Poder Online.

Autor: Tags: , , , ,