Publicidade

Posts com a Tag TV Assembleia

terça-feira, 3 de setembro de 2013 Política | 07:30

Comissão pede explicações sobre denúncia de assédio moral na TV da Assembleia de SP

Compartilhe: Twitter

Funcionários da TV Alesp apresentaram denúncia à Comissão de Administração Pública e Relações do Trabalho da Assembleia Legislativa de São Paulo, alegando serem alvo de assédio moral por parte da direção da Fundação para o Desenvolvimento das Artes e da Comunicação (Fundac), que gerencia a emissora. O deputado Edson Ferrarini (PTB-SP), presidente da comissão, convocou uma sessão extraordinária para esta terça-feira (3) para ouvir funcionários e a direção da Fundac.

O contrato da Fundac com a Assembleia vence em outubro. Um processo para licitação de uma nova gerência foi aberto, no entanto, está paralisado por liminar obtida pela Fundação. Nas duas primeiras fases do processo, uma empresa de São José dos Campos (interior de SP) havia ficado em primeiro lugar. A Alesp está recorrendo da liminar.

Desde então, de acordo com funcionários da TV, a direção da fundação tem pressionado os trabalhadores para fazer greve. Na semana passada, uma lista de demissão chegou a ser apresentada. Sindicatos da classe e a presidência da Casa foram comunicados e o caso foi levado para a Comissão.

A TV Alesp tem 94 funcionários. Até 2011 era gerenciada pela TV Cultura, que abriu mão na administração. Na época, a Casa dispensou o processo licitatório e contratou a Fundac, que também presta serviços de comunicação para a Câmara de Vereadores, CET (Companhia de Engenharia de Tráfego de São Paulo), secretarias do Estado de Cultura e Esporte, Infraero, entre outros.

Autor: Tags: , , ,

segunda-feira, 29 de agosto de 2011 Estados | 07:04

Após denúncia de fraude na TV Assembleia, diretor afastado ainda trabalha

Compartilhe: Twitter

Apesar de afastado do cargo por um mês, enquanto ocorre a investigação sobre suposta fraude em pagamentos da Assembleia Legislativa à sua própria emissora de tevê, Antônio Rudnei Denardi, diretor de Comunicação da Casa, foi visto em restaurante de São Paulo almoçando com a diretora de Comunicação da Câmara dos Deputados, Sueli Navarro Garcia.

O fato chegou aos ouvidos do deputado Major Olimpio (PDT) que fará pronunciamento hoje pedindo explicações da presidência e cobrando o afastamento de Denardi por iniciativa da mesa – já que, por enquanto, o ato foi espontâneo por partir de Denardi.

Segundo Olímpio, o encontro seria uma indicação de que o servidor permanece nas atribuições de suas funções. Na semana passada, o deputado denunciou irregularidades no pagamento de 2.256 inserções de deputados na TV Assembleia ao custo de R$ 1.923,43 cada uma.

Por meio da assessoria de imprensa, a presidência nega que Denardi ainda esteja desempenhando suas funções.

Atualizado às 13h15: Antônio Rudnei Denardi telefonou ao Poder Online para dizer que é amigo de Sueli Navarro Garcia, diretora de Comunicação da Câmara dos Deputados, e que não trataram de negócios durante o almoço. Denardi disse que costuma encontrar Sueli sempre que ela está em São Paulo. Ele diz esperar que a investigação seja concluída em 30 dias para que, então, possa retornar ao cargo de diretor de Comunicação da Assembleia de São Paulo.

Autor: Tags: , , , ,

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011 Estados | 11:04

TV Cultura tem dificuldade para fazer cortes

Compartilhe: Twitter

Os mais de 80 funcionários da TV Assembleia demitidos na semana passada dos quadros da Fundação Padre Anchieta continuam a dar expediente na Assembleia de São Paulo.

Mesmo sem contrato assinado com a Fundac – Fundação para o Desenvolvimento das Artes e da Comunicação, que assumirá a administração da TV Assembleia, os funcionários não paralizaram suas atividades.

Desfeito o vínculo com a TV Cultura,  agora eles só estão à espera dos direitos trabalhistas. De acordo com a assessoria da emissora, os funcionários já foram desligados e o processo de homologação dos contratos está em andamento.

Mas o presidente da TV Cultura, João Sayad, terá que guardar parte dos recursos que recebeu no fim do ano. Um outro corte de profissionais será anunciado em julho – é que a TV Justiça conseguiu uma prorrogação de seis meses de seu contrato com a Cultura, prazo para encontrar uma nova prestadora de serviço. A TV Justiça tem 200 funcionários.

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010 Estados | 11:04

O futuro da TV Assembleia

Compartilhe: Twitter

O futuro da TV Assembleia ainda é incerto. O convênio com a Fundação Padre Anchieta, que terminaria no dia 15 de novembro, foi prorrogado até 15 fevereiro de 2011. Mas não deixou os 90 funcionários, que têm vínculo com a TV Cultura, tranquilos.

Eles já estão pedindo ajuda aos líderes dos partidos da Casa para que o canal não saia do ar.

Entre as cotadas para assumir a administração da TV Assembleia está a Fundac – Fundação para o Desenvolvimento das Artes e da Comunicação, ligada à Escola de Comunicação e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP).

Autor: Tags: , , , , , ,