Publicidade

Posts com a Tag Venezuela

sexta-feira, 18 de setembro de 2015 Política | 10:41

Ideli trabalha para solução de crise entre Colômbia e Venezuela

Compartilhe: Twitter
Ideli Salvatti e o governador do Norte de Santander, Edgar Jesus Diaz  (Divulgação OEA)

Ideli Salvatti e o governador do Norte de Santander, Edgar Jesus Diaz (Divulgação OEA)

Depois de ter sido fiel escudeira dos governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, nos momentos mais difíceis do escândalo do mensalão, e ter contribuído para tentar solucionar as constantes dificuldades do primeiro mandato da presidente Dilma Rousseff na relação com aliados,  a ex-ministra Ideli Salvatti tem trabalhado agora para solucionar outra crise que não a da política brasileira.

Como , assessora de Direitos de Acesso e Igualdade da Organização dos Estados Americanos (OEA), Ideli, tem atuado na fronteira entre Colômbia e Venezuela,para ajudar a solucionar a tensão formada com o fechamento da fronteira, determinado, há três semanas, pelo presidente venezuelano Nicolás Maduro.
Nesta semana, a ex-ministra de Direitos Humanos do primeiro mandato de Dilma, participou da inauguração de uma escola para crianças colombianas, deslocadas da Venezuela.
A escola fica na região de Santander na Colômbia. Apesar da tensão entre os dois países, no início deste mês, o governo venezuelano permitiu o cruzamento das crianças, que ainda vivem na Venezuela e estudam Colômbia e estavam sem aula desde o início da tensão.
Cerca de 20.000 colombianos, de acordo com a Organização das Nações Unidas (ONU), foram afetados pelo fechamento da fronteira, justificado, de acordo com Maduro, por um ataque de “paramilitares colombianos” a militares venezuelanos, durante uma operação de combate ao contrabando.
De acordo com Ideli, a OEA tem trabalhado trabalha para que haja uma solução rápida em relação a crise entre Colômbia e Venezuela. Porém, a OEA exige que haja a garantia dos direitos das pessoas, principalmente, crianças e jovens. “Por isso, a importância dessa escola, nesse momento. É um aceno também de esperança”, disse.
A escola é uma iniciativa da OEA, por meio do programa educativo Virtual Educa, em conjunto com as autoridades colombianas.
Autor: Tags: , , , , ,

sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015 Congresso | 13:37

‘Congresso desrespeitou autonomia da Venezuela’, diz petista

Compartilhe: Twitter
O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA). Foto: Divulgação

O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA). Foto: Divulgação

O deputado federal Valmir Assunção (PT-BA) tem dito que há “uma indignação seletiva” no Congresso Nacional, quanto aos fatos internacionais. “Quando os Estados Unidos, por exemplo, invadem países sem o aval dos organismos internacionais, da ONU, não há nenhuma reclamação no Parlamento”, diz o petista.

Saiba mais: Mendonça apresenta moção de repúdio contra Nicolas Maduro

De acordo com Valmir, por uma articulação do DEM e do PSDB, a Câmara dos Deputados foi “arrogante” ao aprovar uma moção de repúdio ao governo da Venezuela. “O Congresso Nacional promoveu um desrespeito à autonomia da Venezuela, enquanto país democrático. Um desrespeito ao presidente Nicolas Maduro, eleito com a maioria dos votos em eleições limpas e reconhecidas pela comunidade internacional, além de desrespeito à soberania do povo venezuelano”.

Militante do MST, Valmir disse ainda que “o Parlamento não tem o direito de interferir naquilo que não tem informações concretas”, e afirmou que a moção foi baseada “em notícias filtradas pela mídia brasileira”. Segundo o petista, “se houvesse coerência no DEM e no PSDB, eles também teriam se mobilizado quando Hugo Chávez e Fernando Lugo sofreram golpes de Estado”, na Venezuela e no Paraguai.

Autor: Tags: , , , , , , , , ,

quinta-feira, 1 de janeiro de 2015 Internacional | 18:41

Chefes de Estado encaram fila e aglomeração na posse de Dilma

Compartilhe: Twitter

Vários chefes de Estado estrangeiros tiveram de encarar uma longa fila, com direito a aglomeração, durante a posse da presidente Dilma Rousseff.

Ao saírem do Congresso rumo ao Senado, delegações de vários países passaram um longo tempo fechadas no hall do anexo do Senado, à espera de vans que os levariam ao Planalto.

Ali, estava inclusive o presidente da Venezuela, Nicolas Maduro.

Assista:

Autor: Tags: , , , ,

sexta-feira, 23 de maio de 2014 Congresso | 15:00

Jornalista venezuelana vai ao Senado na próxima semana

Compartilhe: Twitter
Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro (Foto: Fabio Pozzebom/ Agência Brasil)

Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro (Foto: Fabio Pozzebom/ Agência Brasil)

A jornalista venezuelana Kaibeliz Maria López irá à Comissão de Direitos Humanos do Senado apresentar uma versão mais favorável à situação no país, na próxima segunda-feira à tarde.

A intenção da presidente da CDH, Ana Rita (PT-ES), é criar um contraponto ao depoimento da ex-deputada venezuelana María Corina Machado, convidada pela oposição a apresentar denúncias sobre o governo de Nicolás Maduro.

Além de Kaibeliz, participará da atividade o jornalista da TV Senado e diretor da Telesur, Beto Almeida.

Autor: Tags: , , , , , ,

quarta-feira, 7 de maio de 2014 Internacional | 18:39

Estudantes venezuelanos são convidados a denunciar regime de Maduro no Congresso

Compartilhe: Twitter
Estudantes venezuelanos de oposição, no Congresso Nacional. (Foto: ASCOM PSC Nacional)

Estudantes venezuelanos de oposição, no Congresso Nacional. (Foto: ASCOM PSC Nacional)

Três lideranças estudantis de oposição ao governo de Nicolás Maduro, na Venezuela, foram convidados para apresentar ao Congresso Nacional denúncias sobre repressão aos movimentos sociais no país.

“Os meios de comunicação venezuelanos não divulgam o que está acontecendo, só os meios internacionais é que cobrem. Por isso viemos aqui”, afirmou Eusébio Costa, um dos estudantes.

O grupo garantiu que não faz parte de nenhuma organização política específica e se definiu apenas como militantes estudantis autônomos. Todos, porém, se identificaram como cristãos e levavam crucifixos no pescoço.

A agenda organizada pelo Pastor Everaldo, pré-candidato do PSC à presidência, incluiu reunião com o presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) e participação nas sessões das comissões de Direitos Humanos e de Relações Exteriores, além do Plenário das duas casas.

À noite, serão ainda recebidos pelo presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) e pelos líderes do DEM e do PSC na Câmara, Mendonça Filho (DEM-PE) e André Moura (PSC-SE). Em seguida, voltam para São Paulo, onde se encontrarão com estudantes da Faculdade de Direito da USP.

Autor: Tags: , , , , , ,

terça-feira, 5 de março de 2013 Congresso | 23:19

Manuela D’Ávila: “torço para que a oposição venezuelana respeite esse momento”

Compartilhe: Twitter

A deputada federal Manuela D’Ávila (PCdoB-RS) disse acreditar que a morte do presidente da Venezuela Hugo Chávez não signifique o fim do legado chavista. Segundo ela, o povo daquele país não deve mudar agora as escolhas que tem feito nas últimas duas décadas em função da morte do líder venezuelano.

Manuela afirmou esperar que as relações a partir de agora na Venezuela transcorram com tranquilidade e que sigam a “tradição democrática que a América Latina conseguiu estabelecer”.

Ela se disse solidária ao povo da Venezuela e declarou torcer “para que a oposição venezuelana respeite esse momento que o povo vive”.

Assista:

Autor: Tags: , , ,

quarta-feira, 1 de agosto de 2012 Diplomacia | 12:50

Subida pela rampa não foi privilégio de Chávez

Compartilhe: Twitter

A Presidência da República informa que não foi por pedido de Hugo Chávez que o presidente da Venezuela subiu a rampa do Palácio do Planalto, ontem, para participar do encontro com a presidenta Dilma Rousseff. Foi ideia do Gabinete da Presidência.

Tanto Hugo Chávez como seus colegas da Argentina, Cristina Kirchner, e do Uruguai, José Mujica, subiram pela rampa para os encontros bilaterais com a presidenta brasileira.

Autor: Tags: , , , , , , , , , ,

Diplomacia | 08:50

PPS a favor da entrada da Venezuela, “pero no mucho”

Compartilhe: Twitter

O presidente nacional do PPS, deputado Roberto Freire (SP), afirma que seu partido defende a entrada da Venezuela no Mercosul.

O PPS é contra a forma como isto se deu: sem o Paraguai ter sido convencido, já que foi aproveitado um momento em que o país está suspenso do bloco.

Autor: Tags: , , , ,

Diplomacia | 08:35

Governo considera estratégica para a economia brasileira a entrada da Venezuela no Mercosul

Compartilhe: Twitter

Apesar das críticas da oposição, o governo brasileiro considera a entrada da Venezuela no Mercosul um dos eventos recentes da política externa mais importantes para ajudar na estratégia de crescimento do país em meio à crise econômica internacional.

Não só pelo fato de a Venezuela, de imediato, ter anunciado, por exemplo, a compra de 20 aviões ER da Embraer.

Mas também porque Hugo Chávez prometeu ao Itamartay um aporte de recursos da PDVSA na refinaria Abreu e Lima, de Pernambuco. A obra, orçada em US$ 17,1 bilhões, está sendo bancada sozinha pela Petrobras.

A Venezuela também quer estender aos países do Mercosul o acordo de venda de petróleo facilitada que já mantém com 16 países do Caribe, o chamado Petrocaribe.

Com a entrada dos venezuelanos, o Mercosul passa a contar com uma população de 270 milhões de habitantes e um Produto Interno Bruto da ordem de US$ 3 trilhões. Um mercado nada desprezível.

Autor: Tags: , , , ,

quinta-feira, 5 de agosto de 2010 Eleições | 18:04

Rede Globo restringe participação de seus âncoras em debates

Compartilhe: Twitter

A TV Globo “pediu” a seus apresentadores e jornalistas que recusem convites para mediar debates promovidos por instituições da sociedade civil entre os candidatos a presidente da República, principalmente, e outros eventos com conotação política, durante a campanha eleitoral.

Pediu, assim, daquele jeito que a gente sabe.

A orientação do comando da emissora é para evitar qualquer motivo que, porventura, possa suscitar críticas à cobertura jornalística e justificativas para aquelas ideias tipo controle da mídia à moda venezuelana.

Autor: Tags: , , ,